A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

23/04/2015 12:24

Equipe da secretaria de Saúde e técnica do ministério ajudam no combate a raiva

Flávia Lima
Meta é imunizar 35 mil cães até o fim do mês. (Foto:Divulgação)Meta é imunizar 35 mil cães até o fim do mês. (Foto:Divulgação)

Uma equipe da Secretaria Estadual de Saúde composta por 16 profissionais chegou no final da manhã desta quarta-feira (23) a Corumbá, cidade distante 415 quilômetros da Capital para auxiliar no combate ao surto de raiva animal que atinge o município. Os trabalhos foram intensificados após confirmação, na última sexta-feira, de um caso de raiva humana no município.

O paciente, um homem de 38 anos, está internado no Hospital Universitário de Campo Grande, para onde foi encaminhado após atendimento no hospital de Corumbá. Ele já havia procurado atendimento na Unidade de Saúde da Nova Corumbá no dia 13 de abril, apresentando febre e dificuldade respiratória

O homem havia sido mordido por um cão de rua cerca de 45 dias atrás, porém não procurou atendimento imediato. A agressão ocorreu na região do conjunto Vitória Régia

De acordo com o Coordenador do Controle de Vetores do Estado, Gilmar Cipriano Ribeiro, que acompanha a equipe em Corumbá, disse que o Estado disponibilizou 35 mil doses da vacina contra a doença, além de um veículo para captura de cães que estiverem soltos nas ruas e 1,5 mil seringas descartáveis e material educativo para auxiliar as ações que serão desenvolvidas até dia 30 de abril em parceria com a secretaria de Saúde do município.

Ainda está tarde chega a Corumbá uma técnica do Ministério da Saúde que vai participar de reunião com as equipes do estado e município para definirem as atividades e fazer um relatório sobre os casos confirmados.
Dentro das ações de combate a prefeitura vem alertando a população para não deixar cães soltos pelas ruas da cidade.

Surto

O primeiro caso de raiva animal registrado no município foi em um bovino informado pelo Iagro no dia 11 de março. De imediato foi feita a ação de bloqueio com vacina nos cães e nas pessoas que tiveram contato com o animal na região do Tamarineiro.

Na área urbana, o primeiro caso de raiva canina foi confirmado no dia 16 de março. Hoje, a cidade está com nove casos de raiva canina confirmados laboratorialmente. Ladário está com três.

Estão ocorrendo ações de controle de foco desenvolvidas pelos municípios de Corumbá e Ladário, além de busca de novos casos e de casos suspeitos, e encaminhamento de pessoas que entraram em contato direto com os animais doentes para profilaxia anti-rábica.

O Centro de Controle de Zoonoses está trabalhando em regime de plantão para realização de vacina e captura de animais com alterações neurológicas. Há plantão também de médicos veterinários.

Já foram realizadas vacinações de casa em casa nos bairros da Nova Corumbá, Popular Nova, Guarany, Jardim dos Estados, Nossa Senhora de Fátima, Dom Bosco, Generoso, Arthur Marinho, Aeroporto. Hoje estão sendo concluídos os serviços no Maria Leite e os trabalhos atingirão o Guató, Centro, Previsul, Industrial, Centro América, Popular Velha, Cervejaria e Beira Rio, Guanã I e Guanã II.

Na área urbana já foram vacinados 9.524 cães e 1648 gatos. Na rural, 211 cães e 22 gatos. O CCZ já recebeu 185 notificações por agressão, e efetuou 330 observações.

Paciente internado com raiva passa por exames e já começa a ser medicado
O paciente de 38 anos, internado no HU (Hospital Universitário) com raiva humana, passou por exames neurológicos nesta terça-feira (21) e já está rec...
Primeiro caso de raiva humana em 20 anos é confirmado em paciente do HU
Um homem de 38 anos, que não teve a identidade divulgada, está internado no Hospital Universitário, em Campo Grande, com confirmação de raiva humana,...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions