A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

11/05/2016 07:40

Esposa de ex-deputado presa em operação da PF obtém prisão domiciliar

Aline dos Santos
Rachel Giroto foi transferida para prisão domiciliar. Na foto, ela aparece ao lado do esposo. Rachel Giroto foi transferida para prisão domiciliar. Na foto, ela aparece ao lado do esposo.

Presa ontem na segunda fase da operação Lama Asfáltica, Rachel Giroto já cumpre prisão domiciliar. Ela foi solta no começo desta quarta-feira (dia 11). Rachel é esposa de Edson Giroto (ex-secretário estadual de Obras e ex-deputado federal), que também foi preso pela PF (Polícia Federal).

Rachel estava no Presídio Militar de Campo Grande e foi liberada à meia-noite e quinze de hoje. “Alegamos a necessidade de ser recolhida em estabelecimento que siga o estatuto da OAB [Ordem dos Advogados do Brasil]. Ela é advogada e tem prerrogativas”, afirma o advogado Valeriano Fontoura. Outra justificativa é a tutela da filha menor de idade.

Advogado tem o direito de ser recolhido em sala de Estado Maior da Polícia Militar. Na falta de local adequado, a prisão deve ser cumprida em regime domiciliar.

Quanto a Edson Giroto, a defesa ainda vai pedir revogação da prisão. “Só no fim da tarde tivemos acesso a parte dos inquéritos, mas não tivemos a totalidade. Estamos aguardando a chegada das informações das diligências em outras cidades”, diz Valeriano. O processo corre na 3ª Vara da Justiça Federal de Campo Grande.

Batizada de Fazendas da Lama, a nova etapa da operação prendeu 15 pessoas e resultou no bloqueio de R$ 43 milhões. O montante foi bloqueado de 24 investigados. A investigação identificou R$ 44 milhões em desvio de recurso público e que foi formada uma rede de “laranjas”, composta por familiares e terceiros, para lavagem do dinheiro de origem ilícita.

Os valores foram transformados principalmente em fazendas, que totalizam 67 mil hectares espalhados por Mato Grosso do Sul. A prisão é temporária, com validade de cinco dias. Os mandados foram cumpridos em Campo Grande, Rio Negro, Curitiba (PR), Maringá (PR) Presidente Prudente (SP) e Tanabi (SP).



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions