A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

11/03/2015 22:31

Governo estuda alteração na Lei de Aposentadoria Especial das Polícias Civis

Daniel Machado
O governador recebeu representantes do Sinpol e da Adepol para discutir as reivindicações da categoria, em especial para as mulheres policiais civis. (Foto: Divulgação)O governador recebeu representantes do Sinpol e da Adepol para discutir as reivindicações da categoria, em especial para as mulheres policiais civis. (Foto: Divulgação)

O governador Reinaldo Azambuja participou na tarde desta quarta-feira (11) de uma reunião com os presidentes do Sindicato dos Policiais Civis do Estado (Sinpol), Alexandre Barbosa, e da Associação dos Delegados de Polícia Civil de Mato Grosso do Sul (Adepol), Marcelo Vargas, para discutir as reivindicações da categoria, em especial para as mulheres policiais civis.

De acordo com Marcelo Vargas, o objetivo é que o Governo do Estado altere a lei estadual que determina a aposentadoria especial para as policiais civis do Estado. Hoje, a Polícia Civil conta com aproximadamente 800 mulheres, entre delegadas, escrivãs, investigadoras e peritas na ativa e com a alteração dessa lei, todas seriam beneficiadas com a mudança do tempo para aposentadoria passando para 25 anos de serviço.

“Queremos o apoio do governo para resolver essa questão de imediato, que não gera impacto nas finanças do Estado, dá reconhecimento ao que vem sendo executado desde o último ano e tranquiliza as mulheres na questão do tempo para aposentadoria”, afirmou o presidente da Adepol.

Com informações da Assessoria de Comunicação do Governo de MS.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions