A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

01/02/2016 08:52

Governo fecha contratos emergenciais para recuperar estradas vicinais

Contratos foram feitos sem licitações em decorrência da situação dos municípios

Mayara Bueno
Ao todo, 34 cidades sofreram estragos por conta das chuvas. (Foto: Arquivo)Ao todo, 34 cidades sofreram estragos por conta das chuvas. (Foto: Arquivo)

O governo estadual firmou contratos emergenciais de R$ 8,4 milhões, para atender a malha viária de 16 municípios de Mato Grosso do Sul. Ao todo, serão 5 empresas que vão promover obras nas cidades que estão em emergência em virtude dos estragos causados pela chuva. Os resultados das licitações foram publicados no Diário Oficial do Estado, desta segunda-feira (1°).

Para atender Bela Vista e Caracol, a empresa BTG Empreendimentos, Locações e Serviços foi contratada por R$ 959.424,41. A construtora também vai atender Jardim, Guia Lopes da Laguna e Nioaque, por R$ 1.500.940,07. Já a empresa Enerpav GS fará obra de recuperação das estradas vicinais dos municípios de Jateí e Vicentina, por R$ 1.501.348,57.

Na região de Aquidauana, Miranda e Dois Irmãos do Buriti foi contratada Arnaldo Santiago por R$ 1.501.348,57. Por lá, também será feita obra de recuperação de estradas vicinais. Em Fátima do Sul, Novo Horizonte do Sul e Deodápolis foi contratada a Maracaju Engenharia e Empreendimentos por R$ 1.495.579,25.

Em Ivinhema, Batayporã e Taquarussu, a empresa Terpavi Terraplanagem e Pavimentação fará obras nas estradas vicinais da malha viária que compreende estas cidades. O contrato foi firmado em R$ 1.497.181,11.

O Executivo Estadual também vai adquirir material permanente (bomba d’água submersa, 4cv, 14 estágios, trifásica, 220 volts), para atender o município de Costa Rica. Neste caso, também foi feita contratação direta, com dispensa de licitação, com a empresa Sertão Comercial de Equipamentos, por R$ 3.845,00.

Desde o começo do ano, o Executivo Estadual tem firmado contratos emergenciais para atender as cidades que sofreram danos em virtude das recentes chuvas – em um dos pacotes, foram investidos R$ 8,8 milhões. Ao todo, 34 cidades decretaram situação de emergência, destas, em 32 o governo estadual reconheceu a situação.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions