A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 23 de Janeiro de 2018

28/01/2016 10:30

Governo firma contrato emergencial de R$ 6 milhões para atender Naviraí

Município está em situação de emergência por conta das chuvas

Mayara Bueno
Cratera aberta na BR-163, em dezembro de 2015. (Foto: Arquivo)Cratera aberta na BR-163, em dezembro de 2015. (Foto: Arquivo)

O governo estadual fechou dois contratos emergenciais que, juntos, somam R$ 6.080.234,00 milhões. Os convênios, publicados no Diário Oficial do Estado, desta quinta-feira (28), vão atender os municípios de Três Lagoas e Naviraí, esta última está em situação de emergência em virtude dos estragos causados pela chuva.

Neste caso, a empresa Pactual Construções receberá R$ 6.036.169,55 para “obra/serviço emergencial de drenagem de águas pluviais e contenção da erosão nos bairros Jardim Paraiso IV e Vila Alta”. A construtora terá 150 dias para executar a obra. A contratação foi publicada no Diário Oficial como “aviso de dispensa de licitação, contratação direta emergencial”.

Em Três Lagoas, que não figura na lista de cidades em emergência, o governo contratou emergencialmente a WLH Construções no valor de R$ 44.065,47 para “recuperação de danos no imóvel localizado na Rua Augusto Côrrea da Costa, Jardim Alvorada".

Segundo a Seinfra (Secretaria de Estado de Infraestrutura), no caso de Três Lagoas, o governo realizou uma obra de esgoto que danificou o imóvel particular e o laudo pericial classificou o dano como de alto risco, por isso a necessidade de um contrato e obra de emergência.

Mais cidades em emergência - Nesta quinta-feira (28), o governo reconheceu a situação de emergência em mais 8 cidades, em virtude dos estragados provocados pela chuva. A lista inclui Deodápolis, Jardim, Guia Lopes da Laguna, Taquarussu, Nioaque, Ivinhema, Caracol e Dois Irmãos do Buriti. Com o novo decreto, são 25 municípios na lista do Governo do Estado.

Contratação – O Executivo Estadual vai contratar empresas para execução de obras de pavimentação asfáltica e drenagem de águas, no polo empresarial Miguel Leterielo, em Campo Grande; para manutenção e conservação de pontes de madeira, nas rodovias da malha rodoviária não pavimentação da 13ª Residência Regional de Maracaju e para contenção de erosão na margem da rodovia MS-180, no Km 74,5, em Iguatemi.

Os três avisos de licitações também foram publicados no Diário do Estado de hoje. A abertura das propostas está prevista para 29 (as duas primeiras licitações) e 12 de fevereiro, às 10 e 9 horas na Av. Desembargador José Nunes da Cunha, s/n, Bloco 14, Parque dos Poderes, em Campo Grande.

*Matéria editada para acréscimo de informação às 11h03. 



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions