A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

07/01/2016 15:08

Governo terá de fazer reparos em quatro pontes danificadas pelas chuvas

Thiago de Souza e Michel Faustino
Ponte que caiu na MS-382 será uma das primeiras a passar por obras. (Foto: Direto das Ruas)Ponte que caiu na MS-382 será uma das primeiras a passar por obras. (Foto: Direto das Ruas)

O Governo do Estado vai priorizar a reforma de quatro pontes que tiveram as estruturas afetadas pelas fortes chuvas que atingiram, principalmente, cidades da região sul de Mato Grosso do Sul. Outras 30 estruturas passarão por avaliação para saber se há riscos à população.

Além da ponte sobre o Rio Santo Antônio, na MS-382, em Guia Lopes da Laguna, outra na mesma rodovia passará por manutenção, além das pontes que ficam na MS-187 e MS-487. O prazo para conclusão do laudo técnico é de 30 dias.

O secretário estadual de Infraestrutura, Marcelo Miglioli, disse, na tarde desta quinta-feira (7), durante visita ministro da Saúde, Marcelo Castro, às obras do Hospital do Trauma, em Campo Grande, que um profissional da Agesul (Agência Estadual de Gestão e Empreendimentos) foi designado para compor estudo sobre o investimento financeiro necessário para essas quatros pontes, como mão de obra e custos do material.

Após isso, dará início aos trâmites burocráticos. Por conta da situação de emergência decretada no Estado, o governo fica dispensado de fazer licitação para as obras.

A ponte sobre o Rio Santo Antônio, na MS-382, caiu no sábado (2), em efeito dominó, e gerou uma cena impressionante. A estrutura tinha 72 metros de comprimento, 5 metros de largura, e foi inaugurada em abril de 2012.

A ponte foi construída com recursos federais, advindos do Ministério da Integração Nacional. A ponte liga o município de Guia Lopes da Laguna à cidade de Antônio João, atendendo dois assentamentos, entre eles o Rio Feio, onde vivem 72 famílias e o Retirada da Laguna, com 94 famílias.

Entre as outras estruturas que serão avaliadas, estão a MS-295, entre os municípios de Tacuru e Iguatemi, que teve rompimento na cabeceira da ponte sobre o Rio Jogui, devido ao grande volume de água da chuva e a MS-156 que também passou por estragos.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions