ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
FEVEREIRO, SEXTA  23    CAMPO GRANDE 31º

Cidades

Implantação do sistema de monitoramento na fronteira será debatido hoje

Zana Zaidan | 08/11/2013 13:40

O Sisfron (Sistema Integrado de Monitoramento de Fronteiras) será tema de debate em audiência pública que acontece hoje (8) a partir das 18h30, na Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul. Esta é a segunda audiência sobre o assunto, e foi proposta pelo presidente da Comissão de Segurança Pública e Defesa Social da Casa, deputado estadual Cabo Almi (PT).

Conforme o parlamentar, o objetivo principal do debate é apresentar os resultados obtidos na primeira audiência pública que foi realizada no dia 8 de julho, também na Assembleia. E ainda, informar sobre a licitação e os recursos liberados para a implementação do projeto do projeto, que tem como finalidade a vigilância e a proteção das fronteiras terrestres brasileiras em uma faixa de cerca de 17 mil km de extensão que separa o Brasil de 11 países vizinhos e se estende por dez estados de 27% do território nacional.

Participam da audiência pública os senadores Delcídio do Amaral (PT-MS) e Pedro Taques (PDT-MT), o comandante do Comando Militar do Oeste (CMO), general de exército João Francisco Ferreira; o comandante do Centro de Comunicação e Guerra Eletrônica do Exército, general Antônio dos Santos Guerra; o gerente do Projeto Estratégico SISFRON, general João Roberto de Oliveira; o comandante da 4ª Brigada de Cavalaria Mecanizada de Dourados, general Lourival Carvalho da Silva; o comandante da 18ª Brigada de Infantaria de Fronteira de Corumbá, general Pedro Paulo de Mello Braga e o presidente da Savis Tecnologia de Sistemas S.A., Marcus Tollendal.

O Sisfron é classificado como o maior sistema de vigilância de fronteiras em fase de implementação no planeta. O sistema foi elaborado entre 2010 e 2011 e será implantado por completo nos próximos dez anos. Custará cerca de R$ 12 bilhões. A primeira fase do sistema está sendo montada em Mato Grosso do Sul sob responsabilidade do Comando Militar do Oeste. Em Dourados, onde está sediada a 4ª Brigada de Cavalaria Mecanizada, será implantado o projeto piloto.

Nos siga no Google Notícias