A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 21 de Outubro de 2019

12/10/2019 12:50

Aeroporto Internacional de Corumbá vai a leilão em 2º lote do governo

Lote do Ministério da Economia vai vender para iniciativa privada estruturas em todo o Brasil

Izabela Sanchez
Parte da estrutura do Aeroporto Internacional de Corumbá (Foto: Divulgação/Infraero)Parte da estrutura do Aeroporto Internacional de Corumbá (Foto: Divulgação/Infraero)

O Aeroporto Internacional de Corumbá, a 419 km de Campo Grande, será vendido para a iniciativa privada. A estrutura integra lista de 17 aeroportos que vão a leilão em 2ª lote do Ministério da Economia. Os termos de entrega foram assinados no início da semana pelo secretário da SPU (Secretaria de Coordenação e Governança do Patrimônio da União), Fernando Bispo, e pelo secretário da SAC (Secretaria Nacional de Aviação Civil), Ronei Glanzmann.

Conforme o site Diário Online, para integrar o lote, o Aeroporto fez parte de um estudo conduzido pela SPU. O titular da pasta afirma que os aeroportos que serão leiloados “são de suma importância”. Após serem privatizados, os locais receberão reformas na estrutura.

Segundo o Ministério da Economia, até o final do ano, mais dez aeroportos serão privatizados, alcançando total de 45. De acordo com o governo, a entrega dos aeroportos “é a conclusão de um longo processo de regularização imobiliária desses bens, iniciado nos estados, por meio das Superintendências do Patrimônio da União”.

De acordo com o Diário, o novo terminal de passageiros foi inaugurado pela Infraero (Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária) em 2001, com saguão principal climatizado e arquitetura inspirada em um dos peixes predominantes da região sul-mato-grossense, o pacu.

A área construída é superior a 1,2 milhão de metros quadrados; a pista de pouso e decolagem tem 1.500m x 45m (comprimento atual), habilitada para receber também aeronaves militares, aviação executiva e táxi aéreo.

“Para isso [venda], é realizado o trabalho de identificação e delimitação de áreas da União; atualizados registros e averbações junto a cartórios; além de outros procedimentos operacionais para que os imóveis sejam entregues sem obstáculos ou impedimentos de qualquer espécie”, pontua publicação do Ministério.

Lista – Além de Corumbá, as áreas que estão sendo transferidas estão localizadas nos municípios de Cruzeiro do Sul (AC), Tabatinga (AM), Tefé (AM), São Mateus (ES), Goiânia (GO), Imperatriz (MA), São Luís (MA), Altamira (PA), Santarém (PA), Petrolina (PE), Parnaíba (PI), Teresina (PI), Foz do Iguaçu (PR), Pelotas (RS), Uruguaiana (RS), Joinville (SC).

O Diário Online ressalta que Corumbá foi uma das primeiras cidades do interior do Brasil a receber área para viagens aéreas comerciais. Em maio de 1933, diz a reportagem, aconteceu o primeiro voo comercial do país a ser pilotado por um brasileiro: um pequeno avião saiu de Corumbá com destino a Cuiabá (MT).

 

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions