A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 23 de Agosto de 2019

30/01/2019 14:35

Com traumatismo, homem que pulou de carro em assalto será transferido

Delegado diz que homem tem vários ferimentos e não se recorda do assalto; comerciante foi morto em Aral Moreira, na segunda

Helio de Freitas, de Dourados
Local onde comerciante foi morto em assalto, segunda-feira, em Aral Moreira (Foto: Rádio 570AM)Local onde comerciante foi morto em assalto, segunda-feira, em Aral Moreira (Foto: Rádio 570AM)

O funcionário do comerciante Jorge Donizete Santos da Silva, 57, que pulou do carro em movimento para não ser morto durante assalto na manhã de segunda-feira (28) em Aral Moreira, a 364 km de Campo Grande, deve ser transferido para o hospital de Dourados devido ao trauma na cabeça.

Jorge Donizete foi morto com um tiro de revólver na cabeça, possivelmente por um homem que estava de moto. A família de Jorge, que era dono de uma olaria no distrito de Vila Marques – perto do local do crime – diz que ele estava com R$ 6 mil. O dinheiro sumiu.

Ao Campo Grande News, o delegado de Aral Moreira, Eduardo Ferreira de Oliveira, disse que desde segunda-feira vai pelo menos quatro vezes por dia ao hospital para tentar ouvir o depoimento da testemunha.

Entretanto, o homem, identificado como Gilberto Peixinho, passa o dia dormindo e quando acorda diz não se recordar do ocorrido. Em Dourados, ele será submetido a uma tomografia para detectar a extensão da lesão na cabeça.

Ele sofreu várias escoriações e bateu a cabeça quando pulou da Fiat Strada conduzida por Jorge Donizete. Possivelmente ele tenha se jogado do carro enquanto o criminoso atirava no comerciante. Pelo menos oito balas acertaram o veículo e um perfurou o vidro e atingiu a nunca da vítima.

O latrocínio ocorreu na Linha Internacional, uma estrada de terra que separa Mato Grosso do Sul do Paraguai, no trecho entre Aral Moreira a Coronel Sapucaia. Jorge Donizete foi morto perto da sua empresa, a Olaria Palmeira.

A polícia continua à procura de pistas e de testemunhas que possam ajudar a identificar o criminoso. A região sofre com a presença de quadrilhas de assaltantes e traficantes de drogas e de armas.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions