A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 22 de Agosto de 2019

24/03/2019 19:42

Condutor sem CNH diz ter sido extorquido por suboficial paraguaio

Adriano Fernandes e Helio de Freitas

O suboficial da Policía Nacional do Paraguai, Fabio Cueto é acusado de ter cobrado um milhão de guaranis (cerca de R$ 700,00) para liberar um condutor brasileiro, de 29 anos, flagrado dirigindo sem CNH (Carteira Nacional de Habilitação) pelas ruas do Jardim Aurora em Pedro Juan Caballero, cidade vizinha de Ponta Porã, a 323 quilômetros de Campo Grande.

O homem teriam sido abordado enquanto conduzia uma picape Strada, na tarde deste sábado (23). Do bairro ele foi encaminhado para a sede da polícia Paraguaia onde houve a suposta extorsão.De acordo com a vítima, enquanto estava na delegacia o suboficial dizia que ele iria passar o final de semana na prisão, caso não pagasse a quantia e que as informações sobre o flagrante seriam repassadas para as autoridades brasileiras.

Ao site Porã News o policial negou as acusações e informou que o condutor teria sido encaminhado para a sede da polícia paraguaia, apenas para uma averiguação. O comissário da Ordem e Segurança Cidadã em Pedro Juan, Horácio Cantero, também negou a conduta do suboficial e disse que o condutor, inclusive, teria sido assistido por um advogado.

A vítima, no entanto, reforçou que só foi liberado após pagar o suboficial e que procurar o consulado brasileiro na cidade de Pedro Juan Caballero e o Ministério Publico para denunciar o caso.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions