A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

15/03/2016 11:24

Confirmado primeiro caso de zika vírus, mas mulher não está grávida

Apesar do resultado positivo, Vigilância Epidemiológica ainda investiga se mulher foi infectada em Dourados ou em outro Estado

Helio de Freitas, de Dourados

Foi confirmado o primeiro caso de zika vírus em Dourados, a 233 km de Campo Grande. A primeira moradora vítima da doença na segunda maior cidade de Mato Grosso do Sul tem 30 anos e não está grávida, de acordo com a Secretaria Municipal Saúde.

Devanildo de Souza, chefe do Núcleo de Vigilância Epidemiológica, disse hoje (15) ao Campo Grande News que recebeu ontem o resultado com a confirmação, mas ainda não sabe se o contágio ocorreu em Dourados ou em outro Estado.

“A paciente tem um histórico de viagem, por isso ainda estamos investigando para ter certeza se a contaminação ocorreu em Dourados ou em outra cidade ou até mesmo outro Estado”, afirmou ele, completando que o resultado desse levantamento deve sair ainda hoje.

Além desse confirmado, Dourados notificou 15 casos suspeitos de zika vírus neste ano. Seis já foram descartados e oito ainda aguardam resultado de exames. Entre essas pessoas com suspeita da doença estão algumas gestantes, segundo o chefe da Vigilância Epidemiológica.

Dengue e chikungunya – Com três mortes confirmadas neste ano em decorrência da dengue, Dourados já notificou 2.610 casos suspeitos da doença de janeiro até agora, conforme o balanço atualizado nesta terça-feira. São 1.119 casos confirmados no município.

O número de pessoas com suspeita da doença já se aproxima do total do ano passado, que foi de 2.980 notificações, dos quais 1.425 foram confirmados.

Já os casos suspeitos de febre chikungunya somam 15 de janeiro até agora em Dourados, mas nenhum foi confirmado ainda. Cinco já foram descartados através de exames e os outros dez aguardam resultado do laboratório.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions