A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 22 de Setembro de 2017

16/08/2017 09:25

Contra marco temporal, índios bloqueiam acesso a distrito de Dourados

BR-163 já tem quatro pontos bloqueados nesta quarta-feira

Helio de Freitas, de Dourados
Índios bloqueiam a MS-379, entre Dourados e Panambi (Foto: Divulgação/PM)Índios bloqueiam a MS-379, entre Dourados e Panambi (Foto: Divulgação/PM)

Mais uma rodovia foi bloqueada na região de Dourados no segundo dia de protesto das comunidades indígenas contra a votação, pelo STF (Supremo Tribunal Federal), do Marco Temporal, marcada para esta quarta-feira (16). A MS-379 liga a BR-163 ao distrito de Panambi.

O marco impede demarcações de terras que não estavam de posse de índios e quilombolas no dia 5 de outubro de 1988, quando foi promulgada a atual Constituição Federal.

Esse é o quarto bloqueio de rodovia nesta manhã na região. Outros dois ocorrem na altura dos quilômetros 304 e 308 da BR-163, no município de Rio Brilhante e um na altura do km 215, no acesso ao distrito de Cristalina, no município de Caarapó.

De acordo com a PRF (Polícia Rodoviária Federal), em Rio Brilhante os índios do protesto no km 304 liberam esporadicamente a rodovia. Já no km 308, o grupo permite a passagem apenas de ambulâncias. Motoristas reclamam que estão há quase uma hora parados no protesto.

Há bloqueios também na altura do km 26 da BR-163, em Mundo Novo, no km 541 da BR-262, em Miranda, e na altura do km 526 da BR-060, em Nioaque.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions