A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

01/12/2015 11:09

Em agenda, Reinaldo e executivos do JBS visitam ampliação de indústria

Helio de Freitas, de Dourados
Reinaldo, Murilo e executivo da JBS que estão em Dourados (Foto: Eliel Oliveira)Reinaldo, Murilo e executivo da JBS que estão em Dourados (Foto: Eliel Oliveira)

O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) iniciou nesta manhã a extensa agenda que cumpre nesta terça-feira (1º) em Dourados, a 233 km de Campo Grande. Ele chegou ao aeroporto municipal e junto com dois executivos foram recebidos pelo prefeito Murilo Zauith (PSB) e seguiram direto para a unidade da multinacional brasileira, na margem da BR-163, saída para a Capital, onde conheceram o projeto de ampliação da indústria de alimentos.

Estão na cidade o presidente global de operações da JBS, Gilberto Tomazoni, e a presidente da JBS Foods, Joanita Karoleski. O presidente e CEO da multinacional, Wesley Mendonça Batista, não veio, como estava previsto. A assessoria da JBS não informou o motivo da ausência.

Após a visita à indústria, eles seguiram para o anfiteatro do Sindicato Rural de Dourados, próximo ao local, Tomazoni anuncia os investimentos da JBS em Mato Grosso do Sul, que podem chegar a R$ 1,1 bilhão. Além da ampliação da unidade de Dourados, a JBS vai investir nas unidades de Caarapó, Sidrolândia e Itaporã, onde vai implantar a maior indústria de abate de perus da América Latina.

As operações em Itaporã estão previstas para começar em 2018, com aporte de R$ 450 milhões para revitalização e modernização da fábrica localizada na MS-270, construção de indústria de ração, incubatório, granjas, galpões e outras estruturas.

Em Dourados, conforme a assessoria do governo do Estado, a JBS vai ampliar a unidade de abate e processamento de suínos. O grupo vai construir uma segunda planta de suínos e dobrar a capacidade de produção local, gerando mais 1.550 empregos diretos.

Só na segunda maior cidade de Mato Grosso do Sul o investimento será de R$ 554 milhões e a instalação da nova fábrica deve ser concluída no fim de 2016.

Já em Sidrolândia e Caarapó o grupo vai instalar novas linhas de produção, aumentando a produção de frango em 1.398 e 315 toneladas/mês, respectivamente. A cadeia produtiva, que atualmente envolve 150 produtores, donos de 450 barracões de aviários, deve ser ampliada em 138 integrados e 533 galpões, o que deve gerar ainda mais empregos.

“Os investimentos nas quatro cidades vão gerar nove mil empregos, diretos e indiretos. A empresa, que analisava se instalar em outros Estados, optou por Mato Grosso do Sul pelos incentivos que nós oferecemos”, afirmou Reinaldo.

Hospitais – Após o evento no Sindicato Rural, onde almoça, Reinaldo entrega às 14h o Hospital Regional de Cirurgias Eletivas da Grande Dourados, com investimento de R$ 1,2 milhão. Administrado pelo governo do Estado, a estrutura vai funcionar no antigo Hospital São Luiz, mas o atendimento será feito pela equipe médica do Hospital Evangélico, contratado pelo governo.

Às 15h, Reinaldo entrega no Hospital da Vida um tomógrafo, um arco cirúrgico e dois aparelhos de Raios-X – equipamentos que custaram R$ 2,5 milhões de investimentos no setor de emergência.

Depois o governador vai até a prefeitura, onde participa da entrega de escrituras de imóveis e inaugura a nova UTI (Unidade de Terapia Intensiva) do Hospital Evangélico. Ele encerra a agenda à noite, na abertura da programação de Natal Dourados Brilha.

Agenda começou com visita à indústria da JBS em Dourados (Foto: Divulgação)Agenda começou com visita à indústria da JBS em Dourados (Foto: Divulgação)


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions