A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 19 de Agosto de 2017

30/05/2017 09:17

Em dia de protesto de educadores, 19 mil ficam sem aula em Dourados

Simted mandou um ônibus com representantes de Dourados para participar de protestos em Campo Grande

Helio de Freitas, de Dourados
Escola Presidente Vargas, no Centro de Dourados, sem aula hoje (Foto: Dourados Agora)Escola Presidente Vargas, no Centro de Dourados, sem aula hoje (Foto: Dourados Agora)

Pelo menos 19 mil estudantes do ensino fundamental e ensino médio estão sem aula hoje (30) em Dourados, cidade a 233 km de Campo Grande, no dia do protesto organizado pela Fetems (Federação dos Trabalhadores em Educação de MS) para reivindicar reajuste de 7,64% sobre o piso estadual.

A segunda maior cidade de Mato Grosso do Sul tem 3.400 educadores trabalhando em 23 escolas estaduais, segundo a assessoria de imprensa da SED (Secretaria Estadual de Educação). Um ônibus com representantes de Dourados seguiu hoje para a Capital, para participar do ato que ocorre no Parque dos Poderes.

De acordo com a presidente do Simted (Sindicato Municipal dos Trabalhadores em Educação), Gleice Jane Barbosa, além do reajuste do piso os educadores da rede estadual reivindicam aumento para os servidores administrativos, que estão há três anos sem reajuste.

Rede municipal – Em Dourados, os educadores também estão em negociação com a prefeitura, já que o município, assim como o Estado, ainda não concedeu o reajuste do piso nacional.

“Ontem estivemos conversando com a comissão de educação da Câmara e pedimos para fiscalizarem as despesas. Não recebemos as informações sobre as despesas com a educação que pedimos ainda”, afirmou a sindicalista ao Campo Grande News. A rede municipal de ensino tem 45 escolas e pelo menos 28 mil estudantes.

Pai e filho são presos após polícia apreender meia tonelada de maconha
Foram presos pela Polícia Civil de São Gabriel do Oeste - cidade localizada a 140 km de Campo Grande - Antônio Rodrigues de Castro, de 65 anos, e Fra...
Ex-dirigentes da Petrobras são processados por improbidade na UFN III
O MPF-MS (Ministério Público Federal de Mato Grosso do Sul) ajuizou contra o ex-presidente da Petrobras, José Sérgio Gabrielli de Azevedo, e ex-cinco...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions