A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

18/07/2016 11:38

Em pleno recesso, vereadores ganham diárias para receber prêmio em Goiânia

Três vereadores de Nova Alvorada do Sul receberam R$ 3.300 cada um para participar de evento na capital goiana; pagamento de diárias no Legislativo local já é investigada pelo MP

Helio de Freitas, de Dourados
Paulo Oliveira, o Puff, recebe medalha do Instituto Tiradentes, em Goiânia (Foto: Direto das Ruas)Paulo Oliveira, o Puff, recebe medalha do Instituto Tiradentes, em Goiânia (Foto: Direto das Ruas)

Três vereadores de Nova Alvorada do Sul, município a 120 km de Campo Grande, receberam diárias pagas pelo cofre público do município para participarem de um evento em Goiânia (GO), onde foram homenageados com uma medalha entregue pelo Instituto Tiradentes. O detalhe é que a viagem ocorreu em pleno recesso do Legislativo.

Paulo Roberto de Oliveira (PT), o “Puff”, Renilson Cesar (PMDB) e Rosana Alves (DEM) ganharam cada um R$ 3.300 referentes a três diárias de R$ 1.100. A denúncia foi feita ao Campo Grande News por um morador da cidade, que pediu para não ter seu nome divulgado e disse esperar que o caso seja investigado pelo Ministério Público.

O evento na capital goiana começou na quinta com palestras e terminou na sexta-feira, com a entrega da medalha a políticos de várias regiões do país, considerados “destaque” em suas cidades. A Medalha Tiradentes é destinada a premiar pessoas que prestaram "relevantes serviços à causa pública" e foi instituída em 1989.

Sob investigação – No início do ano passado, o Ministério Público Estadual instaurou inquérito civil para apurar um suposto esquema de pagamento de diárias na Câmara de Vereadores de Nova Alvorada do Sul. Segundo o MPE, no biênio 2013/2014 foram gastos pelo menos R$ 1 milhão em pagamento de diárias.

Nesta segunda-feira, o presidente da Câmara, Edir Alves Mesquita (PSD), foi procurado para falar sobre a denúncia de moradores quanto ao pagamento de diárias aos vereadores durante o recesso. Ele disse que só falaria com a reportagem pessoalmente “porque não sei com quem estou falando”, disse, por telefone.

A secretária do Legislativo e o procurador jurídico também foram procurados, mas não responderam aos recados deixados no celular. Na Câmara da cidade ninguém atendeu ao telefone.

Ministério Público quer reforço no controle de diárias em prefeitura
O MPE (Ministério Público Estadual) fez recomendação para que a prefeitura de Coronel Sapucaia reforce o controle sobre o pagamento de diárias. O ped...
MPE investiga improbidade, mas vereador nega fraude em diárias
O MPE (Ministério Público Estadual) abriu inquérito para investigar recebimento indevido de diárias por parte de um vereador de Juti, a 320 quilômetr...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions