A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

20/05/2016 17:15

Governador critica União e pede reforço do efetivo policial federal de MS

Priscilla Peres e Helio de Freitas, de Dourados
Em Dourados, município próximo a fronteira, ele cobrou da União, mais segurança para o Estado. (Foto: Eliel Oliveira)Em Dourados, município próximo a fronteira, ele cobrou da União, mais segurança para o Estado. (Foto: Eliel Oliveira)

O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) vai a Brasília na próxima terça-feira para conversar com o governo federal sobre a segurança em Mato Grosso do Sul. Ele quer a ampliação do quadro de servidores efetivos da Polícia Federal e Polícia Rodoviária Federal.

Ele criticou o posicionamento do governo federal em relação a segurança, dizendo que atualmente o DOF (Departamento de Operações de Fronteira) e a Polícia Militar Rodoviária fazem o papel da União, já que o efetivo dos órgãos federais é baixo.

"Como pode um estado fronteiriço ter dois policiais por posto da PRF, se em Rondônia são no mínimo dez por posto?", criticou o governador durante agenda em Dourados, nesta tarde.

Ele não detalhou a reunião da semana que vem, mas tem constantemente criticado a segurança vinda do governo federal. Ele afirma que a responsabilidade da fronteira sul-mato-grossense no quesito segurança, é da União.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions