ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, QUARTA  10    CAMPO GRANDE 13º

Interior

Homem assassinado em fazenda no Pantanal era investigado por estupro

Igor Gonçalves Rodrigues ainda tinha passagens pela polícia por lesão corporal dolosa e ameaça

Por Viviane Oliveira | 03/07/2022 09:26
Igor foi assassinado na madrugada de ontem (Foto: Direto das Ruas) 
Igor foi assassinado na madrugada de ontem (Foto: Direto das Ruas)

Igor Gonçalves Rodrigues, de 26 anos, que morreu esfaqueado na madrugada de ontem (2) em uma fazenda no Pantanal de Paiaguás, em Corumbá, distante 428 quilômetros de Campo Grande, era investigado por estupro de uma mulher de 65 anos, moradora de Coxim.

Igor tinha passagens pela polícia por lesão corporal dolosa, ameaça e estupro registrado no dia 25 de novembro do ano passado contra a idosa, moradora da região central de Coxim. Quanto ao caso de Corumbá, o site Coxim Agora apurou que Rodrigues foi morto porque tentou abusar sexualmente da esposa do caseiro da fazenda.

Ela informou o caso ao marido, que chegou a discutir com Igor e depois o feriu no abdômen com um objeto cortante. Ao presenciarem os fatos, outros funcionários da propriedade tentaram acionar uma aeronave para socorrer Igor, porém ele não resistiu aos ferimentos e morreu no local. O autor do homicídio, que não teve o nome divulgado, foi preso e levado para a Delegacia de Polícia Civil do município.

Nos siga no Google Notícias