A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

12/01/2016 13:27

Hospital paga 50% da segunda parcela do 13° e funcionários encerram greve

Mariana Rodrigues
Funcionários ficaram em greve por 15 dias para reivindicar pagamento da segunda parcela do 13°. (Foto: Divulgação)Funcionários ficaram em greve por 15 dias para reivindicar pagamento da segunda parcela do 13°. (Foto: Divulgação)

O Hospital Nossa Senhora Auxiliadora, em Três Lagoas, distante 338 quilômetros de Campo Grande, pagou ontem (11), 50% da segunda parcela do 13° salário dos funcionários. Com isso a greve, que durou 15 dias, chegou ao fim, a previsão é que o restante do pagamento seja feito até o dia 1° de março.

A decisão aconteceu após reunião com o Sindicato da Saúde, responsável pela categoria. A instituição sindical recebeu uma notificação do hospital sinalizando o pagamento de 50% da segunda parcela do décimo-terceiro salário e a previsão do restante. “Nós nos reunimos para deliberar e acatamos o que a maioria decidiu, vamos voltar a trabalhar, nosso propósito foi conquistado, estamos contentes e satisfeitos, pois mostramos que a classe da saúde tem força para reivindicar seus direitos”, finalizou o presidente do sindicato, João Carvalho.

Na proposta enviado ao Sindicato e feita aos trabalhadores, o hospital relata que pagou 50% da segunda parcela do 13º salário no dia 11 de janeiro e fez uma previsão de pagamento do restante para até o dia 01 de março.

Greve - O movimento grevista teve início no dia 28 de dezembro o motivo foi o não pagamento integral do 13° salário dos funcionários. “Havíamos recebido apenas a primeira parcela do nosso benefício, assim, decidimos paralisar e reivindicar o que é nosso por direito”, concluiu Carvalho.

Participaram da greve enfermeiros, auxiliares de enfermagem, funcionários da lavanderia, do refeitório, entre outras funções.

No dia 29 de dezembro, uma assembleia havia sido realizada com representantes do sindicato e sindicalistas. Durante o encontro, os representantes da empresa solicitaram que o presidente dos sindicatos levasse à categoria a proposta de sessar a greve, aguardando até o dia 8 de janeiro, quando o Hospital teria uma resposta concreta sobre o pagamento da segunda parcela do 13° salário. Porém, a proposta foi recusada.

A primeira parcela já havia sido paga com atraso, sendo que em nota divulgada no último dia 28 de dezembro, o próprio hospital esclarece que a primeira parcela foi paga no dia 17 de dezembro.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions