A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 17 de Outubro de 2019

19/07/2019 10:21

Maior hospital de urgência do interior fica sem médico no fim de semana

Comunicado foi feito pelo gerente do Hospital da Vida, mas interventora nega e diz que ofício foi enviado sem seu conhecimento

Helio de Freitas, de Dourados
Hospital da Vida é administrado por fundação que está sob intervenção há um mês (Foto: A. Frota/Divulgação)Hospital da Vida é administrado por fundação que está sob intervenção há um mês (Foto: A. Frota/Divulgação)

O maior hospital público de urgência e emergência do interior de Mato Grosso do Sul, vai ficar sem médico plantonista nos dias 20 e 21 deste mês, sábado e domingo. Localizado em Dourados, a 233 km de Campo Grande, o Hospital da Vida é referência para outros 33 municípios. É administrado pela Funsaud (Fundação de Serviços de Saúde de Dourados), que desde o dia 13 de junho deste ano está sob intervenção da prefeitura.

A falta de médico plantonista no fim de semana foi informada ontem (18) pelo gerente do hospital Thiago Shindi Silva Tanaka à coordenada da intervenção Maria Izabel de Aguiar, ao diretor-técnico da Funsaud Rodrigo Aparecido Bezerra da Silva e aos diretores técnico e médico do hospital, Majid Ghadie e Raul Espinosa.

“Comunico a falta de médico plantonista para esse fim de semana, dia 20 e 21/07/2019, sábado e domingo, conforme escala média em anexo”, diz o gerente no ofício ao qual o Campo Grande News teve acesso.

Em crise financeira há pelo menos dois anos, a Funsaud enfrenta constantes dificuldades para pagar fornecedores e profissionais de medicina que trabalham no hospital. Em junho, a empresa dona dos 20 leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) ameaçou parar de receber pacientes. O serviço foi mantido por liminar da Justiça.

Ainda no mês passado, para tentar evitar colapso no atendimento de saúde a 800 mil pacientes de Dourados e da região, a prefeita Délia Razuk (PL) decretou intervenção na fundação, que também administra a UPA (Unidade de Pronto Atendimento).

Como interventora, foi nomeada a secretária municipal de Saúde Berenice de Oliveira Machado de Souza e como coordenadora geral da intervenção a consultora em gestão de saúde Maria Izabel de Aguiar.

Interventora nega - A secretária e interventora da Funsaud Berenice Machado de Souza disse que a informação “não procede”. Segundo ela, a Comunicação Interna foi enviada sem seu conhecimento. “Estamos com nova equipe de plantonistas”, garantiu.

Ofício enviado pelo gerente do Hospital da Vida informando a falta de médico plantonista no fim de semana (Foto: Reprodução)Ofício enviado pelo gerente do Hospital da Vida informando a falta de médico plantonista no fim de semana (Foto: Reprodução)
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions