A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

17/06/2016 16:27

Militares da Força Nacional chegam em avião da PF para atuar em Caarapó

Paulo Yafusso
Militares da Força Nacional de Segurança desembarcam do jato da Polícia Federal em Dourados. Eles vão reforçar a segurança na área do conflito (Foto: Divulgação)Militares da Força Nacional de Segurança desembarcam do jato da Polícia Federal em Dourados. Eles vão reforçar a segurança na área do conflito (Foto: Divulgação)

Policiais da FNS (Força Nacional de Segurança) continuam chegando à região de conflito entre índios e fazendeiros em Caarapó, a 283 km de Campo Grande. Na tarde desta sexta-feira (17) mais um grupo de militares vindos de outras regiões do País chegaram a Dourados, no jato da PF (Polícia Federal).

A presença da FNS foi solicitada pelo governador Reinaldo Azambuja (PSDB), diante do risco de novos confrontos entre índios e fazendeiros. Deste ontem 20 agentes da Força Nacional estão na região da fazenda Yvu, que fica próximo a aldeia Te'yikuê, palco de enfrentamento entre guarani kaiowá no início desta semana, que terminou com a morte do agente de saúde indígena Clodioudo Aguile Rodrigues dos Santos, de 26 anos.

A previsão é de que outros 30 integrantes da Força Nacional de Segurança sejam enviados ao local do conflito. Parte deles desembarcou nesta tarde no aeroporto de Dourados. A vinda da tropa foi autorizada pelo Ministro da Justiça e Cidadania, Alexandre de Moraes.

Já a PF informou que a unidade de Dourados abriu inquérito policial para apurar os fatos ocorridos nesta semana na área do conflito, onde além de um índio morto foram registrados seis guarani kaiowá feridos e policiais militares agredidos por grupo de indígenas que teriam inclusive furtados suas armas. Essas armas já foram devolvidas.

Segundo a assessoria, a PF vem atuando também para garantir a ordem pública e a conclusão das perícias no local onde houve o confronto. Ainda de acordo com a assessoria, a instituição vai trabalhar para esclarecer com maior rapidez possível os fatos, para que os responsáveis sejam punidos pelos crimes que cometeram, e isso será feito independentemente do grupo ao qual pertençam.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions