A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 25 de Junho de 2017

17/10/2011 14:30

MJ prorroga permanência da Força Nacional em aldeias indígenas de MS

Paula Vitorino

O Ministério da Justiça determinou a permanência da Força Nacional de Segurança Pública nas aldeias indígenas de Mato Grosso do Sul, principalmente na área de Dourados, com o objetivo de garantir a segurança. A portaria foi publicada hoje no Diário Oficial da União.

De acordo com a medida, assinada pelo Ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, os policiais da Força Nacional atuarão em apoio a Polícia Federal, nas ações de preservação da ordem pública e das pessoas envolvidas.

Os policiais devem permanecer na região por 60 dias, podendo o período ser prorrogado caso haja necessidade. A medida passa a vigorar a partir de hoje.

Segundo a portaria, a prorrogação dos trabalhos nas aldeias atende a solicitação de apoio nas ações encaminhada pelo Departamento de Polícia Federal, no dia 5 de outubro deste ano.

A Força Nacional estava prestando apoio as ações da PF desde junho, quando foi desencadeada a Operação Tekohá (Nossa Terra) para fiscalização nas aldeias de Dourados. os trabalhos eram realizados, principalmente, nas bases das aldeias Jaguapiru e Bororó.

O prazo estipulado para a Operação terminou no dia 3 deste mês. A reportagem do Campo Grande News entrou em contato com a PF de Dourados, mas ainda não obteve retorno sobre quais serão as novas ações desempenhadas na região. Apenas foi informado que a Operação Tekohá e os policiais que participavam dela não estão mais em atividade desde o último dia 2.

A portaria do Ministério da Justiça define que o número de policiais a ser disponibilizado a partir de agora obedecerá ao planejamento definido pelos órgãos envolvidos na Operação, Força Nacional e PF.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions