ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
JUNHO, SÁBADO  22    CAMPO GRANDE 30º

Interior

“Não tem coragem”: mulher diz que foi provocada antes de atear fogo ao marido

Suspeita foi presa minutos após o crime por uma equipe da Polícia Militar

Por Bruna Marques | 12/04/2024 09:11
Mulher foi presa em flagrante pelo crime de tentativa de homicídio e caso será investigado pela Polícia Civil de Aquidauana (Foto: Divulgação)
Mulher foi presa em flagrante pelo crime de tentativa de homicídio e caso será investigado pela Polícia Civil de Aquidauana (Foto: Divulgação)

Mulher de 44 anos suspeita de atear fogo ao marido, 46, disse à polícia que foi provocada pelo homem. A vítima foi socorrida na tarde desta quinta-feira (11), após ter 40% do corpo queimado. O caso aconteceu no Bairro Nova Aquidauana, em Aquidauana, distante 141 quilômetros de Campo Grande.

De acordo com o delegado regional de Aquidauana, Amylcar Eduardo Romero, a mulher revelou que o casal estava bebendo em casa e começaram a se ofender por ciúmes. O homem então disse que ela não teria coragem de matá-lo, momento que a suspeita foi até o carro, pegou um copo de gasolina e começou a jogar.

“Conforme ela conta, foi a própria vítima que passou o combustível pelo corpo. Os dois ficaram se provocando e ela ateou o fogo”, explicou o delegado.

Ainda segundo o delegado, a mulher foi presa minutos após o crime por uma equipe da Polícia Militar. Foi a própria suspeita que acionou a PM e chamou o Corpo de Bombeiros para socorrer o marido.

O homem foi levado para o Hospital Regional Estácio Muniz, em Aquidauana, mas devido à gravidade dos ferimentos, foi transferido para a Santa Casa de Campo Grande, mas não corre perigo de morte.

A mulher foi presa em flagrante e autuada pelo crime de tentativa de homicídio. O caso será investigado pelo delegado Dalmar Carlos de Oliveira Filho.

O caso - De acordo com o site Portal de Aquidauana, o homem foi encontrado na Rua Pedro de Menezes com queimaduras de 2º e 3º grau no ombro, pescoço, tórax, abdômen e braços.

A Polícia Militar foi acionada por volta das 15h30 e quando chegou na casa do casal, o homem já tinha sido socorrido. Aos policiais, testemunhas disseram que a vítima teria sido incendiada pela própria esposa que jogou gasolina em seu corpo.

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News e siga nossas redes sociais.

Nos siga no Google Notícias