ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
ABRIL, TERÇA  16    CAMPO GRANDE 23º

Interior

PF cumpre mandados em MS contra grupo que levava cocaína à Bélgica

Droga era enviada por mar, escondida em carregamentos de pedras

Jones Mário e Helio de Freitas, de Dourados | 17/03/2020 12:00
Campo Grande News - Conteúdo de Verdade


A Polícia Federal cumpre 33 ordens judiciais nesta terça-feira (17), em novo desdobramento da Operação Spectrum, denominada Operação Tifeu. São nove mandados de prisão temporária e 24 de busca e apreensão, executados em Mato Grosso do Sul, São Paulo, Paraná, Rondônia e Santa Catarina.

A ofensiva pretende desmantelar organização criminosa especializada em tráfico internacional de drogas e lavagem de dinheiro.

Segundo divulgou a PF, investigações deram conta de que estrangeiros integrantes do grupo vinham até o Brasil para, junto com criminosos locais, organizarem a remessa de cocaína pelo mar. A droga era enviada para a Bélgica em cargas de pedras.

Em cooperação policial internacional, carregamento de cocaína de duas toneladas foi apreendida no Porto de Gent, no país europeu.

O Campo Grande News apurou que foram feitas buscas em Dourados - a 230 quilômetros da Capital. A superintendência da PF em Mato Grosso do Sul não divulgou informações.

A reportagem procurou a Polícia Federal em São Paulo (SP) e Brasília (DF), mas não obteve resposta até a publicação da matéria.

Lavagem de dinheiro - Policiais descobriram, no decorrer das investigações, possível esquema de lavagem de dinheiro, e identificou empresas ligadas à organização. Segundo apurado, uma destas empresas movimentou pelo menos R$ 1 bilhão em quatro anos, com várias origens suspeitas.

A polícia ainda investiga vazamento de informações sigilosas por escrevente de cartório de notas para um dos investigados, o que pode ter atrapalhado as investigações.

Os investigados podem ser indiciados pelos crimes de tráfico internacional de drogas e associação para o tráfico, organização criminosa e lavagem de dinheiro.

Os presos serão levados às superintendências da Polícia Federal nos estados onde forem encontrados e ficarão à disposição da Justiça Federal.

Cabeça Branca - A Operação Tifeu é desdobramento das investigações que levaram à Operação Spectrum, que, em 2017 prendeu o traficante Luiz Carlos da Rocha, o “Cabeça Branca”, considerado um dos maiores traficantes da América do Sul.

O narcotraficante foi sócio de Jorge Rafaat Toumani e por muitos anos operou na fronteira do Brasil com o Paraguai em Mato Grosso do Sul.

Nos siga no Google Notícias