ACOMPANHE-NOS    
DEZEMBRO, TERÇA  01    CAMPO GRANDE 31º

Interior

Prefeitura diz que contaminação de PMs não tem relação com aglomerações

Metade dos policiais da cidade testaram positivo para a doença após feriado com lotação comparada a comemoração de réveillon

Por Clayton Neves | 20/10/2020 14:30
Aglomeração na área central de Bonito durante a madrugada do dia 12 deste mês. (Foto: Direto das Ruas)
Aglomeração na área central de Bonito durante a madrugada do dia 12 deste mês. (Foto: Direto das Ruas)

Após 14 policiais militares de Bonito testarem positivo para a covid-19, a Prefeitura da cidade emitiu comunicado nesta terça-feira (20), afirmando que vai testar o restante dos militares e fará desinfecção do prédio onde está instalado o Batalhão da PM. Apesar dos novos casos, a Secretaria Municipal de Saúde afirma que a contaminação em massa “não deveria ser relacionada diretamente ao trabalho no feriado”, quando aglomerações foram registradas na cidade.

O número de PMs afastados representa quase metade da equipe disponível, que hoje é de 34 agentes. A contaminação dos servidores aconteceu uma semana uma semana depois de a cidade ter lotação comparada a comemoração de réveillon.

Em nota, a Prefeitura afirmou ter feito rastreamento para identificar a origem das infecções e considerou que “se estivesse ocorrendo de fato uma contaminação nas ruas, mais moradores da cidade estariam com a doença”. Antes dos resultados dos militares, Bonito tinha apenas cinco casos ativos da doença.

“Entramos em contato com a PM de Rio Verde do Mato Grosso, onde também houve registros de aglomerações, até superiores a de Bonito e até o momento, nenhum policial da Corporação apresentou sintomas de Covid-19”, finaliza o texto.

Devido a quase metade da Companhia estar afastada, a Polícia Militar afirmou que o policiamento preventivo não será afetado, já que há apoio operacional prestado por outras unidades próximas de Bonito.

Visitações em alta - Durante o feriado de Nossa Senhora Aparecida, as ruas de Bonito ficaram lotadas. Levantamento realizado pela Secretaria de Turismo indica que foram vendidos cerca de 18.500 passeios entre os dias 9 e 12. De acordo com o secretário do Turismo, Augusto Mariano, em 2019 foram vendidos 12.285 vouchers.

A movimentação da cidade foi marcada por imagens de aglomeração, falta de máscara e muito lixo deixado por turistas que passaram pela região central do município.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário