A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

04/06/2016 11:32

Prefeitura lança campanha que combate abuso contra a mulher em ônibus

Renata Volpe Haddad
Campanha pretende conscientizar população em relação ao assédio que as mulheres sofrem dentro de transporte coletivo. (Foto: Divulgação)Campanha pretende conscientizar população em relação ao assédio que as mulheres sofrem dentro de transporte coletivo. (Foto: Divulgação)

A campanha “Assédio no ônibus é crime” realizada pela Prefeitura de Corumbá, distante 419 km de Campo Grande, quer conscientizar os usuários do transporte em relação ao problema e levar informações à população. Funcionários das empresas responsáveis pelo transporte coletivo também foram capacitados para ajudar as mulheres neste tipo de ocorrência.

O lançamento aconteceu na sexta-feira (3) na Estação Transbordo, e contou com as presenças de diversas autoridades, além de usuários e representantes da empresa concessionária de transporte coletivo da cidade.

A vice-prefeita do município, Márcia Rolon, lembrou que essa capacitação não só contribuiu para o profissional do transporte coletivo, mas também para ele, como homem. "Eles podem acolher uma mulher, uma vez que ela está tão acostumada com esse tipo de violência que só o fato dele ajudá-la, dando uma orientação e força para que ela não desista de denunciar, já é importante”.

Segundo a responsável pela delegacia da mulher, Thais Cavalcante França, a campanha será de grande ajuda para acabar com essa cultura que existe sobre a violência. "Somente com as campanhas é que podemos mostrar às mulheres que elas devem denunciar sim, para que os responsáveis sejam punidos”, enfatizou.

Já para a diretora-presidente da Fuphan (Fundação de Desenvolvimento Urbano e Patrimônio Histórico), Maria Clara Scardini, esse tipo de crime não pode ser banalizado, e nem se tornar cotidiano. “Estamos vivendo um momento onde essas situações estão acontecendo com maior frequência. Por isso resolvemos dar início a essa campanha, para que isso não se torne uma coisa normal, e para que as pessoas, não só as mulheres, saibam que podem buscar ajuda, que existe uma lei que as ampara, e que elas devem denunciar sim, pois isso é crime”, comentou.

O evento contou ainda com a participação do delegado regional da Polícia Civil de Corumbá, Gustavo de Oliveira Bueno. “Não poderíamos ficar de fora dessa campanha. Por isso resolvemos dar o nosso apoio porque muitas das mulheres não têm coragem de denunciar e apresentar”, disse.

A campanha está sendo realizada pela prefeitura, por meio da Secretaria de Assistência Social e Cidadania. A coordenação está a cargo da Gerência da Mulher, em parceria com CRAM (Centro de Referência de Atendimento à Mulher) e o CREAS (Centro de Referência Especializado da Assistência Social), com apoio da Viação Cidade Corumbá.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions