A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

12/05/2016 09:54

Saúde recebe 24 mil doses e corre contra o tempo para concluir vacinação

Campanha para imunizar 66 mil pessoas contra a gripe está atrasada na segunda maior cidade de MS; doses são distribuídas hoje

Helio de Freitas, de Dourados
Vacinação ficou suspensa uma semana após estoque acabar (Foto: A. Frota)Vacinação ficou suspensa uma semana após estoque acabar (Foto: A. Frota)

A Secretaria de Saúde de Dourados, município a 233 km de Campo Grande, terá de fazer esforço concentrado para atingir a meta da campanha nacional de vacinação contra a influenza. Após ficar uma semana sem imunizar os moradores por falta de doses, o município recebeu 24 mil vacinas ontem e na manhã desta quinta-feira (12) o estoque está sendo distribuído às 40 unidades de saúde da cidade e dos distritos.

O responsável pela distribuição do Núcleo de Programas de Imunização, Marcelo Moraes Mendes, informou ao Campo Grande News que as doses começaram a ser distribuídas aos postos de saúde às 7h de hoje, mas o trabalho deve se prolongar até o fim da tarde de amanhã, já que tem unidade que fica a mais de 60 km da cidade.

Segundo ele, assim que as doses chegam aos postos as equipes já iniciam a aplicação da vacina. “Tem gente nas unidades esperando para tomar a vacina”, afirmou.

Em Dourados, a meta da Secretaria de Saúde é imunizar pelo menos 80% de 66 mil pessoas que pertencem aos grupos considerados de risco.

Podem tomar a vacina as crianças a partir de seis meses até menores de cinco anos de idade, gestantes, mulheres até 45 dias após o parto, povos indígenas a partir de seis meses de idade, idosos acima de 60 anos de idade.

Profissionais da saúde, pessoas com doenças crônicas, jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas, pessoas privadas de liberdade e funcionários do sistema prisional também podem ser imunizados.

Marcelo Mendes disse que vai ser preciso esforço concentrado nas unidades de saúde para cumprir a meta, já que a campanha termina no dia 20 deste mês. “Já está atrasada por causa da falta de doses. Vai ser bem corrido”, disse ele.

Assim como a maioria das cidades de Mato Grosso do Sul, Dourados recebeu apenas 40% das doses antes da abertura da campanha, no dia 30 de abril. Como houve grande procura no “dia D” de vacinação, as doses acabaram três dias depois.

Casos – De acordo com o Núcleo de Vigilância Epidemiológica da Secretaria de Saúde, até ontem a cidade tinha 17 casos notificados de gripe transmitida pelo vírus H1N1. Nove casos foram confirmados.

Em Mato Grosso do Sul, a gripe já matou 14 pessoas neste ano – o dobro do número de óbitos provocados pela doença em 2015. Dos 278 casos notificados no Estado, 69 já foram confirmados.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions