ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, QUINTA  05    CAMPO GRANDE 16º

Interior

Sem andar nem comer, cachorro é resgatado e dono preso

Cão estava bastante magro, debilitado, e mal conseguia se levantar

Por Adriano Fernandes | 11/06/2021 23:33
Cachorro foi diagnosticado com leishmaniose. (Foto: Polícia Civil)
Cachorro foi diagnosticado com leishmaniose. (Foto: Polícia Civil)

Um idoso, de 66 anos, foi preso pela Polícia Civil por maus-tratos a um cachorro nesta sexta-feira (11), em Brasilândia, cidade a 355 quilômetros de Campo Grande. O morador mantinha em sua casa um cão doente, diagnosticado com leishmaniose, sem o devido tratamento veterinário, o que acabou por debilitar a saúde do animal, que já não se alimentava, nem andava direito.

O cão estava bastante magro, debilitado, e mal conseguia se levantar quando foi realizado o exame médico para atestar sua condição de saúde, conforme o delegado Thiago José Passos da Silva, responsável pela prisão. Diante do flagrante a vigilância sanitária foi acionada para recolher o animal, uma vez que o proprietário afirmou que não tinha condições financeiras para arcar com o tratamento veterinário.

O dono do cachorro foi encaminhado para a delegacia de polícia e autuado. Maltratar animais domésticas (cães e gato) pode resultar em pena de 2 a 5 anos de prisão. A Polícia Civil solicita a que tenha informações sobre maus-tratos a animais, crimes de posse ou porte de armas e fogo, drogas ou furtos e roubos em Brasilândia, que encaminhe denuncia para a delegacia via WhtasApp (67 999879169 ou 67 999195990).

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário