A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 21 de Setembro de 2017

15/09/2017 10:19

Traficante é autuado em flagrante, 11 dias após fuga cinematográfica

Delegado da PF afirma situação de flagrante não deixou de existir, já que polícia manteve buscas a motorista da Fiat Toro, preso hoje

Helio de Freitas, de Dourados
Gabriel tentou fugir novamente, mas foi cercado e preso por PRFs e agentes da PF (Foto: Adilson Domingos)Gabriel tentou fugir novamente, mas foi cercado e preso por PRFs e agentes da PF (Foto: Adilson Domingos)

Gabriel Soares de Matos, 21, o “Bibi”, preso na manhã de hoje (15) em operação conjunta da PRF (Polícia Rodoviária Federal) e Polícia Federal em Dourados, a 233 km de Campo Grande, está sendo autuado em flagrante na delegacia da Polícia Federal, 11 dias após promover uma fuga cinematográfica dirigindo uma picape Fiat Toro com meia tonelada de maconha. Na fuga, ele provocou um acidente que deixou duas mulheres feridas, uma em estado grave.

Ao Campo Grande News, o delegado da PF Denis Colares de Araújo disse que apesar de o crime ter ocorrido no dia 4 deste mês, a situação de flagrante não deixou de existir, já que as diligências da polícia continuaram para tentar localizar o traficante.

Gabriel foi preso na manhã de hoje no Jardim Guaicurus, em operação que envolveu até o uso de helicóptero da PRF. Ele dormia quando os policiais chegaram e mais uma vez tentou fugir, mas foi cercado e preso, como mostra vídeo abaixo.

Fuga alucinante – A perseguição ao traficante, no dia 4 deste mês, ocorreu por pelo menos 25 quilômetros de estradas e ruas da região norte de Dourados. Policiais rodoviários federais tentaram abordar a Fiat Toro no trevo de acesso a Laguna Carapã, na BR-463, que liga Dourados a Ponta Porã.

O condutor fugiu, seguiu pelo anel viário em alta velocidade, cruzou a Avenida Guaicurus, seguiu pelo anel viário até a MS-156 e depois pegou a Avenida Presidente Vargas em direção ao centro da cidade.

Na Rua Olinda Pires de Almeida, ao lado do Parque dos Ipês, ele virou à esquerda e fugiu até o cruzamento com a Avenida Hayel Bon Faker, onde furou o sinal vermelho e bateu em um Corsa Sedan.

Mesmo com a forte batida, que jogou a picape longe, Gabriel conseguiu sair do carro e fugir a pé. A Toro carregava meia tonelada de maconha.

A empresária Adriana Chiarello fazia caminhada quando foi atingida pela roda traseira esquerda, que se soltou após a batida. Ela ficou em estado grave e permaneceu por vários dias internada na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) de um hospital particular. Adriana teve alta nesta semana.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions