A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 22 de Setembro de 2019

24/02/2017 14:34

Vereador cobra explicação sobre nepotismo cruzado na prefeitura e Câmara

Peemedebista apresentou requerimento cobrando informações sobre denúncias; nesta semana, prefeita de Dourados exonerou assessor após caso semelhante

Helio de Freitas, de Dourados
Cirilo pediu informações sobre servidores nomeados (Foto: Thiago Morais/Divulgação)Cirilo pediu informações sobre servidores nomeados (Foto: Thiago Morais/Divulgação)

A prefeitura de Dourados, cidade a 233 km de Campo Grande, vai ter que fornecer informações à Câmara de Vereadores sobre denúncias de nepotismo cruzado nos dois poderes. O vereador oposicionista Cirilo Ramão (PMDB) apresentou requerimento cobrando explicações após sobre a suposta irregularidade envolvendo pessoas com cargos de chefia comissionados na Prefeitura e na Câmara de Vereadores.

O requerimento endereçado à prefeita Délia Razuk (PR), ao secretário de Governo Ralfi Marques e à secretária de Administração, Denize Portollan, pede informações sobre servidores da prefeitura que tenham grau de parentesco em linha reta, colateral ou por afinidade até o terceiro grau com outro servidor da prefeitura ou da Câmara.

“Tenho ouvido muita conversa das pessoas sobre nepotismo em Dourados. Como vereador tenho obrigação de fiscalizar, até para esclarecer bem essa questão. Por isso, como representante da sociedade e com o propósito de zelar pela legalidade, estou pedindo informações para esclarecermos bem esse assunto”, afirmou Cirilo.

Segundo ele, o nepotismo cruzado é uma tentativa de driblar a Justiça, pois ocorre quando um chefe de governo ou de algum outro órgão público emprega o parente em outro órgão onde tem influência.

“As pessoas têm nos cobrado a respeito disso, dizendo que está ocorrendo nepotismo cruzado em Dourados. Então vamos investigar para esclarecer se procede ou não”, afirmou ele, através da assessoria.

Funsaud – Nesta semana, após recomendação do MPE (Ministério Público Estadual), a prefeita exonerou o presidente municipal do PR Albino Mendes, um dos principais coordenadores de sua campanha em 2016, do cargo de assessor do gabinete. Albino é pai do médico Evérton Basílio Pacco Mendes, diretor técnico da UPA (Unidade de Pronto Atendimento).

“Temos informações de outros casos de nomeações em órgãos públicos da administração municipal. Precisamos dar uma resposta para a sociedade. Caso afirmativo, tomaremos as medidas legais para garantir a transparência no poder público”, prometeu Cirilo Ramão.

A prefeitura ainda não se manifestou sobre o requerimento apresentado por Cirilo Ramão.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions