ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
JUNHO, TERÇA  25    CAMPO GRANDE 22º

Interior

Vereador e secretário de Saúde se envolvem em "baixaria" durante festa

A briga generalizada aconteceu durante a 10ª Festa das Nações na noite de sexta-feira em Água Clara

Por Ana Paula Chuva | 11/05/2024 16:12

Uma briga generalizada envolvendo o vereador Marcelo Batista de Araujo (PSD), o Marcelo Carvoeiro, e o secretário municipal de Saúde, Alex Oliveira, ganhou as redes sociais neste sábado (11). Vídeo mostra a confusão que aconteceu durante a 10ª Festa das Nações de Água Clara, cidade a 193 quilômetros de Campo Grande, na noite de sexta-feira (10).

A filmagem foi publicada pelo portal Ribas Ordinário que também atribui a confusão aos dois representantes de Água Clara. Na gravação, ao menos seis pessoas aparecem na briga. Além de Marcelo e Alex, o filho do vereador também se envolve na “porradaria”.

Conforme apurou o Campo Grande News, a versão do vereador relata que o filho, adolescente de 17 anos, teria trocado provocações com o secretário de Saúde durante o evento. Logo depois, eles se encontraram em um espaço da festa e então começou a confusão.

Quando o vereador percebeu que a confusão envolvia seu filho, decidiu partir para cima do grupo para defender o menino. Ele conseguiu retirar o adolescente e quando tentava levá-lo para casa. Outra briga teria acontecido, envolvendo dois homens e uma mulher que tentaram agredir o garoto.

À reportagem, o secretário de Saúde contou que estava na festa e, sem motivo algum, o vereador e o filho o agrediram pelas costas. A cunhada de Alex e o cunhado também ficaram feridos. A mulher está no hospital de Três Lagoas por conta da gravidade do ferimento.

“Não houve bate-boca em momento algum ou algo do tipo com ele e o filho. Ou qualquer outra pessoa. Me agrediram pelas costas. Levei sete pontos na cabeça e estou com o rosto e braço machucados. Minha cunhada levou um soco na boca, está no hospital para avaliar a lesão. Além da covardia, estão inventando histórias”, explicou Alex.

O secretário ainda contou que procurou a polícia na manhã de hoje para prestar depoimento e pretende representar criminalmente contra o vereador. “Fiquei em observação no hospital ontem, mas já fui até a delegacia para esclarecer os fatos. Nunca me envolvi em briga. Não tenho contato nenhum com ele e nem com o filho dele. O menino estava fumando e jogando fumaça no meu rosto e da minha esposa, pedi para que ele se afastasse. Ele ficou bravo e chamou o pai. Em nenhum momento falei com ignorância”, finalizou o secretário.

A reportagem tento contato com dois telefones do vereador, mas ambos deram como inexistentes. O espaço segue aberto. Já a prefeita Gerolina da Silva Alves (PSDB) declarou que lamenta profundamente o ocorrido já que o evento se trata de uma festa da "família água clarense e ver um vereador se comportar desta maneira só causa vergonha a toda população", disse.

Ainda de acordo com Gerolina, o vereador teria se envolvido em outra briga no mesmo evento. "Logo após, em outro local da festa ele novamente com o filho deu início a outra briga. Momento em que seu bando agredia um homem e sua esposa ao tentar defendê-lo das agressões, levou um soco no queixo dado pelo vereador Marcelo Carvoeiro, que provocou uma fissura. Essa mulher, que é uma servidora municipal, também foi ofendida por ele", afirmou a prefeita.

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News e siga nossas redes sociais.

* Editada para acréscimo de informações.

Nos siga no Google Notícias