A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

26/07/2016 07:00

IPC oferece teste de H1N1 pelo método mais eficaz por R$ 160,00

Informe Publicitário
IPC oferece teste de H1N1 pelo método mais eficaz por R$ 160,00

O IPC, laboratório de Biologia Molecular de Campo Grande, conhecido por ser o primeiro a oferecer o exame de Zika, intensifica a campanha do teste de H1N1 por PCR em Tempo Real, com resultado em 24 horas, novamente com valores acessíveis de R$ 160,00 (tabela social - com pedido do SUS) e R$ 220,00 (exames particulares).

Segundo o informe mais recente divulgado pelo Ministério da Saúde ocorreram 1.121 mortes causadas pelo vírus H1N1 em todo o país de janeiro a junho desse ano.

A maioria dos pacientes infectados pelo vírus H1N1 apresenta sintomas parecidos com outras linhagens de influenza (gripe), como tosse, dor no corpo e febre, em alguns casos. A transmissão pode ocorrer sob 2 formas: exposição por contato com pessoa infectada ou por partículas que possuam contaminação, como a saliva e vai depender de fatores como, por exemplo, à distância em relação às pessoas infectadas, além das condições de temperatura e umidade. O quadro preocupante da doença é a superinfecção, caracterizada por uma pneumonia grave podendo evoluir ao óbito.

 

Equipe do Laboratório realizando extração do Zika em Robô extrator automatizado (Foto: Marcos Ermínio)Equipe do Laboratório realizando extração do Zika em Robô extrator automatizado (Foto: Marcos Ermínio)

O diagnóstico da influenza deve ser o mais preciso possível, devido à similaridade entre essa patologia e outras causadas por vírus que afetam o sistema respiratório. Para a detecção do vírus H1N1, o Laboratório do IPC utiliza a PCR em Tempo Real, que é a técnica preconizada pela Organização Mundial da Saúde para pesquisa do vírus H1N1. O laboratório dispõe de extração de DNA/RNA viral automatizado, que em conjunto com o sistema de detecção One Step (onde não há manipulação da amostra pelo operador), possibilita a realização dos exames, assegurando a eficiência e acurácia em seus ensaios moleculares.

Devido a urgência nesse tipo de exame, o resultado é liberado em até 24 horas. Não é necessária prescrição médica, porém o acompanhamento clínico é fundamental para o diagnóstico e tratamento.

É possível ainda o uso de testes rápidos para influenza, que funcionam com a detecção da nucleoproteína viral e informa resultados em até 30 minutos. Contudo, estes testes rápidos possuem baixa sensibilidade e podem gerar resultados falsos negativos ou não diferenciar entre as linhagens de Influenza A H1N1, sendo sempre indicado o exame molecular, para confirmação de resultados positivos do teste rápido.

Para realização do exame não é necessário agendamento. O material é coletado do nariz e da boca, com auxílio de um swab (tipo de cotonete), sendo indolor e não invasivo. As amostras de secreções respiratórias devem ser coletadas preferencialmente no 3º dia após o início dos sintomas e no máximo até o 7º dia e não necessita jejum.

Outros exames
O IPC realiza exames de Biologia Molecular como, Zika, carga viral de HIV, Hepatites B e C, Citomegalovírus, Detecção de Chlamydia, Neisseria, HPV 16 e 18, estes com cobertura pela UNIMED.

Somando à área laboratorial, o IPC oferece há mais de 30 anos, serviços em Perícias Avaliatórias, aplicadas ao Direito Real, Ambientais, Engenharia de Tráfego, Engenharia Constatativa, Contábeis e Auditoria, Matemática Financeira, Grafotécnica, Acústicas e Degravatórias, dentre outras perícias cíveis.

Contato
Para mais informações (67) 3041-0000
Whatsapp (67) 98112-2324
www.ipcms.com.br
Curta nossa página no face: facebook.com/ipcms

O laboratório está situado na Rua da Paz, nº 185, Jardim dos Estados (Foto: Divulgação)O laboratório está situado na Rua da Paz, nº 185, Jardim dos Estados (Foto: Divulgação)
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions