A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

16/08/2008 09:06

Juiz nega liberdade a jovem que matou dois em acidente

Redação

O juiz Júlio Roberto Siqueira Cardoso, da 1ª Vara do Tribunal do Júri de Campo Grande, negou nesta sexta-feira liberdade ao universitário Anastácio da Silva Yarzon Ortiz, de 18 anos, que na madrugada do dia 9 causou acidente na Avenida Via Parque, provocando a morte de dois jovens.

A decisão do magistrado acompanha parecer do MPE (Ministério Público Estadual).

Para tentar a liberdade, a defesa do estudante protocolou junto ao pedido formal, declarações de conhecidos de Anastácio, dizendo que ele é uma pessoa "educada, amiga, bondosa, engraçada, querida por todos...".

Também foi alegado que o fato trata-se de acontecimento isolado na vida do estudante do curso de Medicina Veterinária da Uniderp (Universidade para o Desenvolvimento da Região e do Pantanal).

O juiz pesou as declarações e o fato dele ser réu primário, com as circunstâncias do acidente, levando em consideração as leis existentes, mas Anastácio estava embriagado, não possui CNH (Carteira Nacional de Habilitação), o que determinou a negativa.

Morreram na colisão: Dener César Nunes de Araújo, de 19 anos e Kaique Gabriel Brito, de 17 anos. Ficaram feridos e já tiveram alta Alexandre Oliveira Fonseca, 20 anos e Luciano Zarati, de 20 anos. Todos estavam no Gol de placas HRE-7936 que foi colhido pelo Pálio de placas HRJ-4424, conduzido por Anastácio.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions