A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 19 de Agosto de 2018

13/07/2010 12:43

Justiça paraguaia nega extradição de membro do PCC

Redação

O juiz paraguaio Tadeo Fernández negou a extradição ao Brasil do suposto líder do PCC (Primeiro Comando da Capital) de Pedro Juan Caballero, Carlos "Capillo" Antonio Caballero, preso em dezembro do ano passado.

Na ocasião, ele foi preso junto com o traficante brasileiro Jarvis Chimenes Pavão, um dos mais procurados na fronteira.

O pedido de extradição havia sido feito pelo juiz federal Augusto Martinez Perez, por supostos crimes de tráfico internacional de drogas e posse ilegal de explosivos e armas. O juiz alega que no dia 20 de setembro de 2007, Capillo enviou 430 quilos de cocaína, armas e munições, que foram apreendidas pela Polícia Federal em Pradópolis (SP).

De acordo com o jornal ABC Color, a justiça paraguaia argumentou que Capilo já responde por esses crimes e que o país é competente para julgar os delitos, que tiveram origem no Paraguai. Ele também é investigado por ter tomado parte no atentado contra o senador de Pedro Juan Caballero, Robert Acevedo.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions