A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 18 de Janeiro de 2018

08/05/2011 11:09

Mutirão já liberou 85 para semi-aberto e deu liberdade provisória a mais 82

Angela Kempfer

Em uma semana de mutirão carcerário, 259 presos condenados já foram beneficiados em Mato Grosso do Sul. Desse grupo, a maioria dos detentos conseguiu ir para regime semi-aberto ou ter a diminuição da pena.

Com a decisão, 85 presos deixarão as unidades fechadas para cumprir o restante pena em presídios semi-abertos.

Outras 82 pessoas que estão hoje com prisões preventivas decretadas, conseguiram liberdade provisória.

Na sexta-feira, Ordem dos Advogados do Brasil/Seccional Mato Grosso do Sul, Conselho Nacional de Justiça – responsável pelo mutirão, e Tribunal de Justiça do Estado se reuniram para avaliar o trabalho que segue até o dia 27 de maio.

Na ocasião, também foram levantados, novamente, problemas como a superlotação, a necessidade de educação e a celeridade no julgamento dos processos.

Para o juiz que coordena o mutirão em Mato Grosso do Sul, Albino Coimbra Neto, o número de presos beneficiados durante as atividades dos juízes poderá ser grande em razão da concentração de trabalho que ocorre neste período. “É normal que o número de benefícios seja grande. De qualquer maneira, o trabalho que está sendo realizado é para melhorar o sistema prisional”, explicou em entrevista ao site da OAB.

Mutirão carcerário começa nesta quarta-feira em Mato Grosso do Sul
O mutirão carcerário em parceria com o CNJ (Conselho Nacional de Justiça) e o CNMP (Conselhos Nacionais do Ministério Público) começa amanhã em Mato ...
Mutirão carcerário terá toda as varas criminais do Estado
Todas as varas criminais das comarcas do Estado estarão envolvidas no mutirão carcerário do Judiciário que deve começar no próximo dia 27. Serão feit...
MEC antecipa data do Sisu; inscrições começam dia 23
A abertura das inscrições no Sistema de Seleção Unificada (Sisu) foi antecipada para 23 de janeiro, conforme anunciou hoje (18) o ministro da Educaçã...


É a bandidagem voltando a trabalhar...
 
Flavio Boeratto em 09/05/2011 07:26:10
É isso aí! Mutirão bom é pros assassinos, ladrões e estupradores!!! Salve!!!
 
Ossama Malabad Jr. em 08/05/2011 11:52:42
E depois não adianta a população reclamar que as polícias não trabalham.
Com esse tal mutirão carcerário, Infelizmente, com total certeza, o trabalho das polícias vai é aumentar, e muito, pois muitos bandidos serão privilegiados com a liberdade e a volta ao trabalho, ops, quis dizer, com a volta ao crime.
 
Fernando Silva em 08/05/2011 11:21:40
Ao invés de obrigarem o governo a construir mais cadeias para os detentos, preferem soltar o s mesmos na sociedade, parabéns MS.
Será que fizeram o levantamento se eles já cumpriram as penas pelos quais estão presos?
E as familias e dos que esses mataram e as vítimas, o que a justiça dirá?
Que a justiça foi feita?
Pra quem?
Só para dar satisfação temporária que diminuiu a lotação carcerária. E quem vai nos proteger dos que estão sendo soltos e são de alta periculosidade?
HOje é mais fácil ser desonesto, criminoso e corrupto, que tem previlégios.
 
Kamél El Kadri em 08/05/2011 10:15:49
ISSO.....POVO DO JUDICIÁRIO.......FAÇAM UMA ANÁLISE CONTÁBIL PARA VER O AUMENTO DE CRIMES DEPOIS DESTE MUTIRÃO E PROVISÓRIA........
SOCORRO POLÍCIAAAAAAAAAAAAA.............JÁ ESTOU COM MEDOOOOOOO.....
 
GILMAR CANDIDO em 08/05/2011 06:30:12
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions