A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 14 de Novembro de 2018

29/08/2008 15:29

OAB divulga parecer final e defende voto proporcional

Redação

Parecer aprovado na manhã de hoje por unanimidade na OAB/MS defende que as regras para a eleição de reitor da UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) não podem ser mudadas. A Ordem considerou ser legal o voto proporcional, com peso de 70% para os professores, 15% para funcionários e 15 % para o voto dos alunos.

A relatora, conselheira Mônica Reis, considerou que o voto proporcional é democrático, por dar maior peso ao corpo docente, porque permite a participação dos alunos que são maioria disparada na instituição.

A manifestação do Conselho Seccional da OAB é resultado de consulta feita pelos alunos da UFMS, que defendem o voto paritário, quando todas as partes têm o mesmo poder na hora da decisão.

Como resposta à contestação, a relatora defendeu o atual processo para escolha no novo reitor, justificando que a autonomia universitária

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions