A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

22/01/2009 17:22

População paga taxa de lixo e nem sabe que está pagando

Redação

No IPTU (Imposto Predial Territorial Urbano) deste ano veio com uma incógnita para os proprietários de imóveis de Campo Grande, algo descriminado apenas com o nome "Valor Taxas". O serviço não segue uma lógica percentual em relação à avaliação do imóvel, e nem é um valor fixo para cada imóvel.

A reportagem do Campo Grande News procurou a prefeitura de Campo Grande para saber do que se trata a "taxa" que a maioria dos campo-grandenses já pagou. Segundo o que nos foi passado, trata-se da cobrança pelos serviços de limpeza de rua e coleta de lixo. Não é ilegal cobrá-lo, mas o cidadão tem de ser informado sobre o que está pagando, diz a Lei.

O aposentado Hélio Diniz, que mora há 42 anos o bairro Coronel Antonino, disse que simplesmente pagou o tributo sem prestar a atenção no que estava pagando. "Não tinha reparado que tinha esta taxa", conta surpreso. Mais surpreso ainda ele ficou quando soube do que se tratava. "Limpeza de rua?", questionou. "Mas aqui na minha rua sou quem faço este serviço", argumenta "Quando está sujo seu eu quem pego as ferramentas e saio limpando", conta.

O senhor Diniz reconheceu não saber os detalhes do Imposto. O valor total de seu IPTU foi de R$ 493,83, a título de limpeza de rua ele pagou R$ 63,94, cerca de 15% a mais sobre o valor líquido do tributo.

Poucas quadras adiante, no mesmo bairro, o senhor Mário Alves de Souza, coleciona reclamações sobre a cobrança do IPTU. "Em três anos eles quase triplicaram meu imposto", revela.

A esta reclamação o senhor Mário juntou a de não saber o que está sendo cobrado no seu carnê do IPTU deste ano. "Então a gente tem de pagar por isso também? Mas a limpeza já não esta incluída no valor do IPTU?", indaga confuso.

"Aqui na minha rua eu não tenho muito sobre o que reclamar, é limpa e o lixeiro passa três vezes por semana. Mas a gente já está pagando bem caro só pelo valor da casa. Acho que é dinheiro bastante para não cobrarem mais essa de mim", reclama.

Este ano o senhor Mário pagou R$ 1.297,90 de IPTU e R$ 83,72 pela coleta de lixo, ou seja 6,45% do seu imposto.

O funileiro Nelson Andrade, que mora há 12 anos no bairro Monte Castelo, ao saber do que se tratava a matéria entrou na casa e voltou com três carnês do IPTU, um de cada imóvel que tem. "Estão aqui. Todos azuis", comenta orgulhoso.

A expressão de orgulho é rapidamente substituída por uma de confusão quando lhe é perguntado se ele sabe o qual serviço é o "Valor Taxas". "Não é esgoto", arrisca. "Se é algum serviço tinha de estar escrito aqui. Não tinha", devolve a pergunta.

Ao saber que é referente à limpeza de rua o senhor Nelson gostaria de ter mais pelo valor que paga. "Tem dia que a gente faz uma limpeza mais 'pesada' em casa e tem de jogar fora galhos de árvores ou móveis e não tem um caminhão para passar aqui para pegar as coisas. Tirando isso a limpeza está boa. Mas pelo o que a gente paga deveríamos receber mais".

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions