A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

24/10/2008 15:02

STJ garante à Justiça Federal julgamento de indígenas

Redação

O STJ (Superior Tribunal de Justiça) tirou do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul qualquer competência para decidir sobre crimes cometidos por indígenas. De acordo como STJ, os crimes, e sua maioria, envolvem disputas de terras e interesses coletivos da comunidade indígena, portanto, de competencia da União.

A partir de agora os casos de tentativa de homicídio, extorsão, seqüestro e cárcere privado, além de lesão corporal, formação de quadrilha e corrupção de menores cometidos por indígenas deveram ser julgados pela 1º Vara Federal de Ponta Porã.

A decisão foi tomada depois que o Minitério Público Federal requereu o reconhecimento de competência Federal para julgar crimes cometidos por indígenas.   

 

O pedido do MPF foi motivado depois que o Juizado de Direiro da 1º Vara de Amambai, em 2007, decretou a prisão preventiva de um indígena, a qual foi requerida pelo  Ministério Público Estadual. A paretir de agora, qualquer decisão do Tribunal de Justiça será nula. 

Ministério Público faz contrato de R$ 3 milhões com empresa de informática
O MP/MS (Ministério Público de Mato Grosso do Sul) firmou contrato de R$ 3,3 milhões com a empresa Click Ti Tecnologia Ltda. Com validade de seis me...
Novos critérios definem morte encefálica e afetam doação de órgãos
O Conselho Federal de Medicina (CFM) divulgou hoje (12) critérios mais rígidos para definir morte encefálica. A mudança nos procedimentos tem impacto...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions