A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

19/10/2009 09:11

Suspeito confessa que disparou tiro que matou menino

Redação

Em depoimento prestado no 2º Distrito Policial de Campo Grande, Maxuel Bispo Costa Hurtado, de 21 anos, confessou que disparou o tiro que matou o adolescente Luiz Fernando de Oliveira, 12 anos, no bairro Nova Lima, dia 11 de outubro.

Inicialmente ele apontava um adolescente como autor dos disparos. O garoto, de 17 anos, na verdade conduzia a moto e Maxuel estava na garupa, revela o depoimento.

No documento, Maxuel conta que a intenção era atingir Anderson "Careca", que passava pela rua e que disparou três vezes.

Acidentalmente um dos tiros atingiu a cabeça de Luiz Fernando, que seguia para um carrinho de lanches, acompanhado da mãe. A versão bate com a apresentada por familiares da vítima.

Maxuel usava o revólver calibre 38 que foi encontrado quando ele foi preso.

A descrição do "alvo" das gangues, conhecido como Anderson Careca, feita pelos moradores do bairro e familiares do garoto morto por bala perdida, confere com o nome e histórico de um dos envolvidos no tiroteio ocorrido no último dia 4 deste mês no Jardim Vida Nova, que deixou seis feridos.

Naquela ocasião, durante confronto de gangues, cinco pessoas que não tinham qualquer relação com os grupos foram atingidas, uma delas um menino de 10 anos e dois adolescentes de 13 anos.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions