A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 21 de Junho de 2018

07/08/2009 13:00

TJ nega liberdade a estudante acusado de matar garota

Redação

O TJ/MS (Tribunal de Justiça) de Mato Grosso do Sul negou liberdade ao universitário Fernando Pereira Verone, um dos três acusados de matar a garota de programa Claudinéia Rodrigues Mendes, 25 anos, no início de maio deste ano.

O indeferimento do pedido de habeas corpus em caráter liminar é do desembargador Carlos Eduardo Contar, da 2ª Turma Criminal.

O pedido foi protocolado dia 31 de julho e a decisão proferida na quarta-feira (5). O desembargador também pediu mais informações sobre o caso.

O magistrado também está responsável pela análise do pedido de habeas corpus em caráter liminar de outro acusado pelo crime.

A defesa do assistente administrativo Leonardo Leite Cardoso entrou com pedido para tira-lo da prisão, dia 5 (quarta-feira).

No fim de julho, a 2ª Turma Criminal do TJ concedeu habeas-corpus ao universitário Hugo Pereira da Silva, também acusado de matar a garota de programa.

No dia 2 de junho, Hugo e Leonardo foram presos. Fernando se apresentou sete dias depois.

Hugo fazia ciências contábeis na Estácio de Sá. Fernando, Direito na Anhanguera-Unaes.

De acordo com a Polícia Civil, os rapazes tinham a intenção de fazer um assalto e chamaram Néia e uma amiga dela para um programa.

A amiga de Néia desconfiou da situação e pulou do carro em movimento. A vítima ficou e foi levada para um matagal na divisa dos bairros Nova Campo Grande e Santa Emília. No local, foi morta a pedradas e a tijoladas. Os acusados não tiveram relação sexual com a garota, nem a assaltaram.

Foi feita reconstituição do caso. Os acusados apresentaram versões diferentes sobre o crime. Em comum, o fato de Hugo não ter participado das agressões e que após o assassinato, Leonardo e Fernando voltaram ao local.

Estados e municípios são os que mais contribuem para sustentar SUS
Entre 2002 e 2015, o governo federal foi a esfera de gestão que mais utilizou recursos do Sistema Único de Saúde (SUS), seguido pela esfera municipal...
Mega-Sena acumula de novo e pode pagar até R$ 38 milhões no sábado
O prêmio da Mega-Sena acumulou mais uma vez, depois do sorteio desta noite (20) e pode pagar até R$ 38 milhões, na próxima rodada. As sequências sort...
Ações sobre auxílio-moradia voltam ao STF depois de conciliação falhar
Diante da falta de conciliação com representantes de magistrados, a AGU (Advocacia-Geral da União) devolveu ao STF (Supremo Tribunal Federal) process...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions