A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

09/08/2009 11:18

TJ nega pedido de idenização por mordida de cachorro

Redação

O Tribubal de Justiça negou o pedido de indenização por danos materiais e morais impetrado por Maria Helena Martines Zamure por ter sido vítima de mordida de cachorro em junho de 2002 em Jardim, cidade que fica a 281 quilômetros de Campo Grande.

O TJ manteve a decisão do juiz daquela cidade que considerou improcedente a ação movida contra o dono do cachorro Aício Alves da Silva. Com a negação, a autora entrou com a apelação civil na 5ª Turma Cível alegando que o dono do cachorro não manteve o animal preso.

Para o relator do processo, desembargador Júlio Siqueira, as provas dos autos e relatos de testemunhas comprovam que animal foi provocado pela autora da ação que teria desferido chutes no cachorro.

Governo Federal reduz período do horário de verão para 2018/19
O presidente Michel Temer assinou hoje (15) um decreto reduzindo em duas semanas o horário de verão em 2018. No ano que vem, a medida começará a vale...
Inscrições para o Vestibular 2018 da UFMS seguem abertas
A UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) segue com inscrições abertas para o Vestibular 2018, que selecionará alunos para cursos de gradua...
Autorização para psicólogos aplicarem terapia de reorientação sexual é mantida
O juiz Waldemar Cláudio de Carvalho, da 14ª Vara Federal de Brasília, decidiu hoje (15) tornar definitiva a decisão liminar (provisória) que havia pr...
Clientes de banco podem renegociar dívidas no "Caminhão do Quita Fácil"
A partir de segunda-feira (18), clientes das agências da Caixa de Campo Grande terão a possibilidade de renegociar suas dívidas atrasadas há mais de ...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions