A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 23 de Novembro de 2017

04/08/2009 20:51

TJ nega recurso e considera legal doação da Área do Papa

Redação

Na sessão de hoje, a 2ª turma Cível do TJ/MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul) negou recurso impetrado pelo ex-deputado Semy Ferraz e, desta maneira, voltou a considerar legal a transação que envolveu a doação do local conhecido como Área do Papa, em Campo Grande.

Ação popular movida em 2005, pelo então deputado estadual, questionou a transação entre a prefeitura e a construtora Financial.

A empresa recebeu do Município área de 333 mil metros quadrados, ao lado do terreno do Memorial ao Papa, como pagamento por obras executadas na região do Carandá Bosque e Parque dos Poderes.

O terreno foi avaliada, para efeitos de pagamento à construtora, em R$ 4,7 milhões.

Na ação popular, o ex-deputado alegou que a área foi avaliada por um preço menor do que o praticado pelo mercado há 4 anos.

Para reverter a decisão, Semy terá de recorrer agora aos STJ (Superior Tribunal de Justiça).

O local ficou conhecido como Área do Papa porque em 1991, uma missa foi celebrada no local pelo papa João Paulo II, falecido em 2005.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions