A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

10/08/2009 13:41

Tribunal nega a 5, mas reimplanta auxílio moradia a 129

Redação

O TJ/MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul) voltou a pagar auxílio moradia para 129 magistrados, sendo 12 desembargadores e 117 juízes.

Polêmica, a gratificação chegou a ser suspensa por determinação do CNJ (Conselho Nacional de Justiça), que só considera legal o pagamento para quem é lotado longe da residência.

Por outro lado, o órgão negou o pedido feito por cinco magistrados para voltar a receber o auxílio moradia, um deles é o desembargador Fernando Mauro Moreira Marinho.

Não foi detalhado o motivo da diferença, e o TJ/MS está de recesso até quarta-feira, porque amanhã é comemorado Dia da Criação dos Cursos Jurídicos, e hoje é ponto facultativo.

Representando até 20% do vencimento, o auxílio moradia foi reimplantado a pedido, com base no artigo 254 do Código de Organização e Divisão Judiciária e do procedimento de controle administrativo 484 do CNJ, conforme despacho publicado na edição do Diário da Justiça desta quarta-feira, disponível no site do órgão.

Para os juízes isso significa R$ 4,4 mil a mais no vencimento mensal e para os desembargadores são R$ 4,9 mil só em auxílio moradia.

Contemplados

Mega-Sena acumula e prêmio no sábado pode chegar a R$ 39 milhões
A Mega-Sena mais uma vez ficou sem vencer na noite desta quarta-feira (13) e, assim, acumulou. O prêmio pode subir para R$ 39 milhões no sorteio do p...
Chuva intensa de meteoros terá pico na madrugada de quinta-feira
A chuva de meteoros Geminídeos – uma das mais intensas e brilhantes do ano – vai ocorrer durante a noite de hoje (13) e a madrugada de amanhã (14) e ...
STF tem maioria a favor de delação negociada pela Polícia Federal
O Supremo Tribunal Federal (STF) formou hoje (13) maioria para manter a autorização legal para que a Polícia Federal (PF) possa negociar delações pre...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions