ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, TERÇA  20    CAMPO GRANDE 31º

De olho na TV

As discutíveis formas de busca pela audiência

Por Reinaldo Rosa | 15/01/2020 11:00

OUTROS CANAIS - A sintonia de FMs de outros estados fragiliza e coloca em dúvida a audiência de rádios locais. Programação de emissoras como ‘Antena 1’, ‘Alpha(SP)’, ‘Saudade’, de Santos e outras do gênero flash back são citadas por leitores da coluna (que fogem da mesmice do sertanejo).

LEQUE AMPLO – Audiência qualificada coloca a FM 104 como a mais sintonizada entre o grupo das chamadas Educativas. A sadia mistureba voltada para a realidade e costumes da população pantaneira tem público cativo.

VAI BEM – Atividade da FM da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul consegue considerável sintonia entre ouvintes interessados em MPB. O senão fica por conta do que ouvintes que consideram repetições da grade.

VAI MAL – O curso de jornalismo da entidade poderia ser mais explorado com o chamado ‘laboratório radiofônico’ destinado aos universitários da área. Incongruente o uso de informações de agência de informação oficial nacional.

VIDA DOS OUTROS – Nada como viver no país das maravilhas; programas de fofoca televisiva têm mais audiência que alguns noticiosos. O popularesco binômio ‘polícia e vida alheia’ não saem de moda da qualificada e educacional onda televisiva e radiofônica. O raciocínio cança mentes por demais ocupadas com o dia a dia. Simples assim.

ANOS DE CHUMBO – Diálogo entre mãe e filha em ‘Amor de Mãe’ desta segunda-feira foi um painel sobre a sofrida realidade feminina obrigada a conviver com preconceitos. “A gente não é gente. A gente sobrevive”, segundo recado dos autores da trama. Para bom entendedor...

EU NA GLOBO - O canal Viva anunciou a exibição - a partir de 19 de fevereiro - da novela ‘Brega & Chique’, de Cassiano Gabus Mendes, trama da Rede Globo de 1987. No último capítulo tem ‘segundo da fama’ com arte criada pelo titular da coluna. Modéstia à parte.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário