A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 21 de Fevereiro de 2018


  • De olho na TV
  • De olho na TV

    com Reinaldo Rosa


21/03/2016 10:26

Camufladas formas de censura na comunicação de MS

Reinaldo Rosa

POLICIALESCO – Os movimentos ‘Fora Dilma’ e ‘Não vai ter golpe’ trazem de volta a censura das redações. Leitores da tchurma dos ‘Contras’ condenam jornalistas que não redatam o que desejam e dão a estes a pecha de ‘vermelhinhos’. Simples assim.

LOUCAS DA AFONSO PENA – Em Campo Grande continua a iniciativa de acampados que esperam pela saída de Dilma Rousseff. Aconteça o que acontecer, servem de ótimo calhau para noticiosos da TV Morena.

A QUEM INTERESSAR POSSA – Sexta-feira passada aconteceram manifestações pró-governo Dilma em diversas localidades de Mato Grosso do Sul. Ao que parece – e seguindo original da matriz –, retransmissora de TV local esnobou a importante pauta.

INVERSÃO DE VALORES – “Militantes contrários à rede Globo fizeram manifestações em frente à TV Morena”, em Campo Grande, ressaltou Lucimar Lescano no ‘MSTV 2ª’ na noite de sexta-feira. No encerramento do noticioso ‘amorteceu’ a importância do fato; e dá-lhe de encerramento com acampados da Afonso Pena.

TELESPECTADOR NÃO VIU - Leitor da coluna, em Corumbá, avaliou como expressiva a manifestação de integrantes do movimento ‘Não vai ter golpe’. “Não foi quantitativo, mas preencheu a expectativa de quem organizou. Era só um protesto em frente à TV Morena”, ressaltou. Líder em audiência é isso aí.

SÓ PRA LEMBRAR – ‘Loucas da Afonso Pena’ fizeram o ‘fecha’ do ‘Bom Dia MS’ desta segunda-feira. E vem mais; não há nada de interessante no quadrilátero campo-grandense.

É O CANAL – Às vésperas do final do governo FHC, o ex-ministro Delfin Neto vaticinou: “elejam Lula presidente e veremos o que acontecerá com o país”. Ontem, no ‘Canal Livre’, pela TV Guanandi, voltou a deitar falação nada otimista sobre o governo Dilma.

FALANDO NISSO – Aumentou sensivelmente a audiência da retransmissora da Band nas noites de domingo, em Campo Grande. Espectadores interessados no atual noticiário nacional –e suas consequências- agradecem a mexida na grade da emissora.

ANALISTA – Elson Pinheiro, no ‘Tribuna Livre’, pela FM Capital, lembrou pauta regional que adormece nas redações sul-mato-grossenses. “Integrantes da ‘Máfia do Câncer’, continuam milionários e gozando de total liberdade e ninguém faz nada”, bradou ele. No que está certo.

MANUAL DE REDAÇÃO – Jornalistas ficam de mãos atadas e vestem incômodas saias justas. Têm opiniões políticas próprias, mas seguem orientações de pauta do chefe da redação. Obedece quem tem juízo na torre de babel.

VOLTA DA CENSURA - A apresentação de ‘Todos os musicais de Chico Buarque em 90 minutos’, em Belo Horizonte, foi cancelada. No sábado, em momento de improvisação o ator e diretor Claudio Botelho referiu-se à prisão de "um ex-presidente ladrão" e citou "uma presidente ladra". A plateia reagiu com o jargão “não vai ter golpe”. Por seu lado, Chico Buarque proibiu, doravante, a utilização de suas músicas no espetáculo. Censura nunca mais. Simples assim.

Comércio local fora do horário nobre
DE BRISA – TV Morena continua com tabela de preços discricionária em sua grade publicitária. No horário nobre não existe veiculação significativa de ...
TVE tem novidade na cobertura do futebol de MS
VÍDEO MONITORAMENTO - Promotoria de Justiça do Patrimônio Público e Social de Dourados instaura Inquérito Civil para investigar eventual irregularida...
Só Corumbá terá Carnaval na televisão
MAMÃE EU QUERO – Procura-se o responsável pelo apoio midiático e discriminatório do governo do Estado. Apenas a Festa de Momo, de Corumbá, foi privil...
Proposta do Grupo Zahran é notícia em Goiás
BABADO GRANDE – Fevereiro começou com grande bomba em Goiás, com os rumores sobre a venda da mais antiga empresa de comunicação local. O Grupo Jaime ...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions