A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 27 de Fevereiro de 2017


  • De olho na TV
  • De olho na TV

    com Reinaldo Rosa


26/09/2012 06:15

De Olho na TV

Reinaldo Rosa

EDUCAÇÃO QUE VEM DA CASA - A pasteurização no comportamento emanado da rede Globo às vezes cria embaraços – desnecessários - para suas filiadas. No programa Tribuna Livre, da FM Capital, o apresentador Marcos Farias citou ‘a presença da equipe da TV Morena’ que fazia o registro do peemedebista Edson Giroto nos estúdios da emissora.

VOLTE SEMPRE – Ao mencionar a agenda diária do então líder nas pesquisas, a apresentadora do MSTV 1ª Edição, Maureen Matiello, informou que o mesmo "esteve gravando mensagem de campanha numa rádio pela manhã". Teve o cuidado de não citar o nome da casa em que a equipe tivera livre acesso para seus trabalhos.

JURO QUE VI – Minúsculo cavalete de candidato a vereador do PDT exibia, também, a foto do ex-deputado federal, Dagoberto Nogueira.

PÉ NO GELO – Pesquisa do Ibope, com reviravolta nas primeiras colocações, fez muita gente colocaras barbas de molho e os pés à beira da lareira (com cacofonia e tudo). Sem contar preteridos em convenções que, nas últimas horas, tem orientado o eleitorado votar na chapa majoritária adversária.

FIQUE COMIGO – Operadoras de TVs por assinatura ficam de quatro perante assinante que deseja trocar de operadora. Demonstrando que realmente praticam preços abusivos, concedem descontos de até 50% para não perder clientes. Sem contar que cobram multas de até R$ 600,00 por quebra de ‘fidelização’.

LESMA LERDA – Embora a maior operadora ofereça próximos de 140 canais, invariavelmente, o assinante sintonize os canais de sempre, da TV aberta. As chamadas classes A e B, de vez em quando, migrem para programas como Manhathan Conection, da Globo News, os próprios noticiários desta emissora e outros informes de qualidade pelo mundo. O vício do Jornal Nacional, novelas e – para muitos - ‘Ratinhos’, ‘Elianas’ e ‘Gugus’ é difícil de largar. TV por assinatura é apenas mais do mesmo.

QUEM DÁ MENOS – Um dos grandes apelos na constituição da TV por assinatura era a exibição de filmes sem intervalos. Hoje, o mercado publicitário deita e rola durante as atrações do cinema, fazendo-as parecer verdadeiras colchas de retalhos, de tantos intervalos comerciais. Para segurar o assinante, operadoras barganham com a maior sem-cerimônia.

WHISKY PY – Paraguaios vingam-se da derrota na guerra com o Brasil. Fazem grande estardalhaço com o seu Black Friday e servem um Black Jack Daniel original de fábrica (deles). Tendo a cotação local do dólar americano, tão sonhadas mercadorias saiam mais caro que os preços praticados pelas Casas Bahia. Valeu o passeio por estradas congestionadas como nos grandes centros em feriados prolongados.

MTV – Em sua reta final, a novela (?) Cheias de Charme transformou-se em exibidora de videoclipes da cafonice global. Como o clima de festa, que sempre envolve cenas finais desse tipo de atração, o ápice será impregnado de soluções bem ao gosto do público que, ainda, torce por um final feliz de personagens – outrora - perseguidos pela sorte. Pão e circo ainda imperam. Incólumes.

MILHÕES DE DISCOS VENDIDOS – O prêmio Dó, Re, Mi aproxima as Empreguetes e ainda, apresenta As Frenéticas, Paula Fernandes, Gaby Amarantos, seguido de barracos e pastelões tão ao gosto da plebe ignara. Pensa o autor.

DEIXA COMIGO – A soberba que atingiu a todos quanto à candidatura a prefeito da Capital, – além do grande manancial de siglas - mostraram a coragem do prefeito Nelson Trad Filho ao aceitar a condição de coordenador da campanha do PMDB. Como aqueles que alcançam repentino sucesso, o difícil não é atingi-lo, mas mantê-lo.

GIROTO NEM AÍ – Como se tivesse de posse de informação privilegiada, (e o presente indigesto de queda no Ibope no aniversário de Edson Giroto) o governador André Puccinelli já avisou: "o coordenador da campanha é o prefeito Nelsinho Trad e cabe aos marquetólogos avaliar como agir daqui em diante".

NEM POR TELEFONE – Numa pausa da conexão Miami-Campo Grande-Miami, o diretor de rádio, Ivan Paes Barbosa rescindiu unilateralmente o contrato com o radialista Alcides Bernal. Será cômico – ou trágico - numa suposta vitória de Bernal como prefeito da Capital, Barbosa ter de entrar na fila para solicitar parcelamento do IPTU ou do ISS.

Programa resgata causos do futebol regional
CONTA OUTRA – O futebol sul-mato-grossense – graças a alguns – vive na história do torcedor local. Jogadores, dirigentes e técnicos estão no ‘Conto d...
Público dando um show no futebol de MS
QUEM NÃO AJUDA – Domingo de ‘Comerário’ no Morenão. Se dependesse apenas dos torcedores, o futebol de Mato Grosso do Sul teria vida longa no cenário ...
Caso da primeira-dama hackeada passou batido
EMPODERADO II – Talmir Nolasco, outro personagem histórico do rádio de MS, ‘deu um tempo’ aos microfones. Depois de atuar na campanha eleitoral do PS...
Rádio local disputa espaço com futebol na TV fechada
EMPODERADO – Personagem da história do rádio sul-mato-grossense, Nivaldo Mota atualmente dedica o talento em outras ondas. Em tempo real, entrevista ...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions