ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, SEXTA  23    CAMPO GRANDE 26º

Em Pauta

Em menos de 20 anos o Pantanal pode virar uma zona árida

Por Mário Sérgio Lorenzetto | 14/10/2020 07:55
Campo Grande News - Conteúdo de Verdade

Um estudo publicado este ano descobriu que as mudanças climáticas representam uma "ameaça crítica" ao ecossistema pantaneiro, danificando a biodiversidade e prejudicando sua capacidade de ajudar a regular a água para o continente sul-americano e o carbono para o mundo. Em menos de 20 anos, constatou que o Pantanal pode se transformar em uma zona árida, algo semelhante a um deserto. "Estamos cavando nossa sepultura", disse Karl Ludwig Schuchmann, do Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia em Pântanos do Brasil, em entrevista para o diário norte-americano New York Times.


Campo Grande News - Conteúdo de Verdade

O fazendeiro do Pantanal denuncia os especuladores de fora.

Eduardo Eubank Campos é um pantaneiro de quinta geração. Lembra de sua família usando queimadas controladas para limpar a terra desde criança. Em sua fazenda de 7.000 hectares pararam com essa prática desde que acrescentaram o ecoturismo às atividades tradicionais. Este ano, graças aos corta-fogos, caminhões-pipas e trabalhadores treinados para o combate ao fogo, conseguiram manter as chamas afastadas. Eduardo afirma: " os pantaneiros sabem que não é hora de fazer queimada" e completou "eles não querem destruir sua própria terra". Eduardo concorda com os ecologistas sobre uma grande ameaça ao Pantanal que vem de suas fronteiras e além. O Pantanal está ficando à mercê da agricultura. Os imensos campos de soja, outros grãos e gado em excesso causam a erosão do solo que desagua no Pantanal, entupindo seus rios de forma tão severa que viraram barragens.

Campo Grande News - Conteúdo de Verdade



Campo Grande News - Conteúdo de Verdade

NASA: "[incêndios] sem precedentes".

O incêndio no Pantanal ocupou matéria de destaque em vários jornais da Europa e dos Estados Unidos. O N.York times traz matéria com título "A maior área úmida tropical do mundo se tornou um inferno". Mas ácidas críticas não vem apenas dos jornais, até a NASA entrou no debate. "A extensão dos incêndios é impressionante", diz a NASA. E completa: "Quando você destrói um quarto de um bioma, cria todos os tipos de circunstâncias sem precedentes". Sua análise mostrou que pelo menos 22% do Pantanal vem ardendo desde janeiro, com os piores incêndios em agosto e setembro. Também diz que os incêndios ficaram fora de controle, muito piores do que qualquer um desde o início dos registros de satélite.


Campo Grande News - Conteúdo de Verdade


Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário