A notícia da terra a um clique de você.
 
18/07/2019 06:38

Ser belo e atraente vale mais que ser forte? Darwin explica

Mário Sérgio Lorenzetto
Ser belo e atraente vale mais que ser forte? Darwin explica

Na evolução não ganha o mais forte, e sim aquele que consegue reproduzir-se mais. A questão nos remete a mais profunda indagação da estética e da teoria da arte: algo ou alguém é belo porque gostamos ou gostamos porque é belo? Mas, a principal indagação é: por que algumas pessoas nos são sexualmente atrativas e outras não? A escolha do par é o critério que decide quais genes passarão para a geração seguinte. Uma cara bonita sempre é uma "bomba" evolutiva, têm capacidade de passar muitos mais genes.

Ser belo e atraente vale mais que ser forte? Darwin explica

A grande dúvida de Darwin sobre o rabo do pavão.

Darwin é recordado sobretudo pela Teoria da Seleção Natural. Aquela em que a sobrevivência e a reprodução diferencial dos organismos melhor adaptados a seu entorno, como a leoa que corre mais que a gazela. Mas foi o próprio Darwin que descobriu outra teoria igualmente importante: a Teoria da Seleção Sexual. A epítome dessa teoria é o desconcertante rabo do pavão macho. Não cabe dúvida que o rabo do pavão é belo, mas também é um convite aos predadores aéreos ou terráqueos para devorá-lo. Esse rabo é visto a um quilômetro e meio de distância, além de ser um estorvo que o impede de escapar a um ataque devido a seu peso exagerado. Se o leitor está confuso, não consegue resolver o dilema se o rabo do pavão o favorece ou prejudica, não se moleste, Darwin também teve essa dúvida. E foi ela que o levou à solução correta.

Ser belo e atraente vale mais que ser forte? Darwin explica

Na evolução não ganha o mais forte.

O rabo do pavão não evoluiu porque servia para algo no mundo real. Ele é útil e definitório para conquistar as fêmeas. Isso vale mais que ficar se defendendo dos predadores, vale mais que a força. Na evolução ganha quem consegue reproduzir-se mais. O belo é mais importante que o forte.
As cores espetaculares de lagartos e insetos, as cores das flores que atraem abelhas, os adornos como as caudas absurdamente longas de alguns pássaros, o tamanho excessivo de algumas espécies e muitos outros "exageros" da genética se devem - quase exclusivamente - à Seleção Sexual. Sim, essa é outra grande teoria de Darwin, publicada em 1871. Doze anos depois da "Origem das Espécies". O puritanismo procurou escondê-la de todas as formas. Uma cara bonita é uma "bomba" evolutiva...

imagem transparente
Busca

Classificados


Copyright © 2019 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.