ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
ABRIL, DOMINGO  21    CAMPO GRANDE 23º

Momento Saúde Bucal

A sensibilidade nos dentes é um mecanismo de defesa

Marco Polo Siebra (*) | 26/04/2023 12:38

Olá, pessoal, tudo bem?

Hoje eu vou falar com vocês sobre um assunto que está sendo muito recorrente aqui no meu consultório: dor de dente. Mas dor de dente, não aquela dor de dente de cárie, de um tratamento de canal. É uma sensibilidade que nós temos na região da raiz do dente.

Essa região, quando eu tomo gelado, quando eu tomo quente ou, algumas vezes, pessoas compartilham e reclamam muito comigo sobre a hora que vão escovar os dentes de manhã, dizendo: "Marco Polo, eu tenho uma sensibilidade. Tem dia que eu não aguento. O que é isso?". Bom, vamos entender o que pode estar acontecendo?

Na realidade, o dente, se vocês observarem, ele é constituído da coroa, que é essa parte de cima, e da raiz, a raiz fica dentro da gengiva, em volta da raiz existe um osso. Quando eu tenho uma sobrecarga na mordida e essa sobrecarga dessa mordida não é distribuída de forma correta ao longo eixo do dente, eu posso ter uma perda óssea, quando eu tenho uma perda óssea, a gengiva abaixa, porque a gengiva nada mais é que um “carpete do osso” e quando essa gengiva abaixa, eu tenho a exposição da raiz, e a raiz não tem o esmalte que tem na coroa e o próprio fato de eu sobrecarregar esse dente na mordida, eu vou ter a sensibilidade.

Vamos entender uma coisa que é importante a gente sinalizar. Veja bem, na minha filosofia, eu não trato dor. Dor é um mecanismo de defesa do nosso organismo. Nós só estamos vivos porque nós sentimos dor, quando você me liga e diz: "Marco Polo, estou morrendo de dor de dente". A minha preocupação não é a dor, mas sim a causa da dor.

Por isso que eu faço uma prestação de serviço imediato, todos os meus clientes têm um dentista a sua disposição 24 horas do dia, 7 dias da semana, porque a dor de dente não é uma coisa que eu prescrevo uma medicação e vou te atender daqui um tempo. Não, se está doendo, eu tenho que fazer o pronto atendimento e avaliar.

Avaliar essa sua oclusão de um modo geral, se você está tendo sobrecarga, se os seus dentes são alinhados e algumas vezes as pessoas têm a mordida perfeita 100% correta. Mas devido ao nosso estado emocional, de ansiedade, depressão, estresse, quando eu estou com as minhas emoções alteradas, de forma inconsciente, eu aperto, principalmente à noite, porque à noite eu desligo a minha consciência e quem assume o comando do meu organismo, da minha vida, é o inconsciente.

E aí eu trago toda aquela demanda que eu passei durante o dia e faço o apertamento, e aí eu tenho dor porque meus dentes não estão bem alinhados. De qualquer forma, o profissional da área de saúde, no meu entendimento, na minha filosofia, que tem uma capacidade intelectual correta, ele não trata a dor, porque a dor é um mecanismo de defesa.

Gostou dessa dica? Qualquer dúvida, mande um direct no meu Instagram @marcopolosiebra, que eu terei maior prazer em te ajudar. Mas lembre-se, dor não é normal, dor é um mecanismo de defesa, é um sistema de alarme, que o organismo está precisando de ajuda. Um abraço e até o próximo vídeo.

(*) Marco Polo Siebra é Odontólogo há mais de 30 anos, Especialista em: Prótese Dentária; Odontogeriatria; Implantodontia. É Master Coach Pela FEBRACIS (Federação brasileira de Coaching Integral Sistêmico), Ministrante dos Cursos: Pode da Ação; Poder e Alta Performance; Jeito de Viver Família; Educar, Amar e Dar limites; Decifre e Influencie Pessoas; Coach de Carreira; Analista de Perfil Comportamental; Processo de Coaching Individual; Processo de Coaching em Grupo; Especialista em “Neurociência e Performance Humana” na Faculdade FEBRACIS; Presidente da Liga de Neurociência da Febracis Pós-graduações; Coordenador de um Grupo de Apoio para familiares e cuidadores de pessoas com Alzheimer. Hoje tem como principal missão e propósito de vida impactar e transformar pessoas de forma que concretizem seus sonhos e objetivos em todas as áreas da vida.

Nos siga no Google Notícias