A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 26 de Abril de 2019

27/03/2019 08:34

Bebê com pneumonia está em UPA há 2 dias aguardando vaga em hospital

Miguel Araújo de Oliveira, de 6 meses, foi levado para UPA Moreninhas na madrugada de segunda-feira; médicos orientaram família a procurar Defensoria Pública

Silvia Frias
Miguel está fazendo inalação e perdeu cerca de quatro quilos desde que começou a piorar (Foto: Direto das Ruas)Miguel está fazendo inalação e perdeu cerca de quatro quilos desde que começou a piorar (Foto: Direto das Ruas)

Anderson Miguel Araújo de Oliveira, de seis meses de idade, está internado na UPA (Unidade de Pronto Atendimento) das Moreninhas desde a madrugada de segunda-feira, com quadro de pneumonia grave, aguardando transferência para hospital.

A mãe do bebê, Sulemar de Araújo, 29 anos, contou que o médico de plantão entregou a ela um boletim médico sobre o filho, sendo orientada pelos médicos da UPA a fazer comunicado à Defensoria Pública para entrar com ação para garantir vaga com urgência. 

Miguel começou a passar mal há cerca de 15 dias, tendo dificuldade para respirar e chorando muito. A avó materna, a aposentada Rosimeire de Araújo, 48 anos, disse que o bebê foi levado para a UPA, sendo medicado com antibióticos, xarope e inalação caseira. “Ele só ia piorando”, lembra.

No domingo, o estado de Miguel piorou. “Ele chorava muito, foi ficando febril, fizemos inalação e nada de melhorar”. Na madrugada para segunda-feira, a mãe conseguiu levá-lo à UPA Moreninhas, onde ele permanece até agora.

Boletim médico com diagnóstico de pneumonia (Foto: Direito das Ruas)Boletim médico com diagnóstico de pneumonia (Foto: Direito das Ruas)

No boletim médico, consta que Miguel apresenta “dispneia intensa, pulmões roncos e sibilos”, com diagnóstico de pneumonia, “quadro grave, sem melhora com a medicação atual”. A transferência foi considerada necessária, mas, até agora, não há qualquer previsão.

Silmara está na UPA e acompanha o tratamento do filho. “Eles falam que eu tenho de esperar pela vaga, eu espero, mas e meu filho? Ele tá piorando”, disse. Segundo ela, o bebê perdeu de 3 a 4 quilos desde a internação. “Ele não consegue mamar, fica sem ar, tem que voltar para inalação”.

O pai de Silmara foi à Defensoria para ingressar com ação e pedir vaga com urgência.

A reportagem entrou em contato com a Sesau (Secretaria Municipal de Saúde) e aguarda retorno.

Direto das Ruas - A informação chegou ao Campo Grande News por meio do canal Direto das Ruas, meio de interação do leitor com a redação. Quem tiver flagrantes, sugestões, notícias, áudios, fotos e vídeos pode colaborar no WhatsApp pelo número (67) 99955-2040, pela ferramenta Fale Conosco ou por mensagem enviada via Facebook.

Para que sua imagem tenha mais qualidade, orientamos que fotos e vídeos devem ser feitos com o celular na posição horizontal.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions