ACOMPANHE-NOS    
JULHO, SEXTA  30    CAMPO GRANDE 

Direto das Ruas

Com formaturas lotadas, militares temem covid-19 na Cavalaria

Grupo relata surto de coronavírus nas dependência do 20° Regimento, mas Exército nega

Por Tainá Jara | 12/03/2021 16:24
Passagem de Comando do 20º Regimento de Cavalaria Blindado, realizada em janeiro de 2021 (Foto: Divulgação/20º RCB)
Passagem de Comando do 20º Regimento de Cavalaria Blindado, realizada em janeiro de 2021 (Foto: Divulgação/20º RCB)

Militares do 20º Regimento de Cavalaria Blindado temem a disseminação da covid-19 no setor. Mesmo com casos suspeitos de contaminação pelo novo coronavírus dentro, a instituição continua a realizar eventos, como formaturas com mais de 200 pessoas, nesta semana.

Denúncia feita por militares, que preferiram não se identificar, fala em um surto no regimento. Soldados com suspeita da doença estariam circulando pelo livremente após o expediente e, desta forma, fazendo uso de mesas e bebedouro em comum.

Outra formatura deveria ocorrer nesta semana, porém, foi cancelada após o governo do Estado baixar decreto com medidas restritivas, na quarta-feira. O texto incluiu toque de recolher das 20h às 5h. Além de restringir o funcionamento do comércio a fim de evitar aglomerações.

No site da Cavalaria é possível comprar a realização de alguns eventos. Porém, nas imagens divulgadas, os militares aparecem utilizando máscara e fazendo distanciamento social.

Em nota, o CMO (Comando Militar do Oeste) admitiu que o 20º Regimento de Cavalaria Blindado está realizando atividades militares para os soldados incorporados em 1º de março de 2021, sendo que algumas ocorrem após às 17h.

Porém, a instituição garante que dentro dos quartéis, as medidas sanitárias para controle do coronavírus estão sendo tomadas, como aferição de temperatura e higienização das mãos de todos que adentram ao aquartelamento. “Informamos, ainda, que as atividades são realizadas com distanciamento entre os participantes”.

Além disso, o Regimento possui um plano de descontaminação em que, diariamente, uma parte de suas instalações é desinfectada por militares especializados.

Qualquer militar que apresente sintomas é levado, imediatamente, para atendimento médico, onde todas as medidas de isolamento são tomadas. “Atualmente, nenhum dos instruendos e instrutores está com sintomas ou foi testado positivo para covid-19”, garantem.

Direto das Ruas – A sugestão chegou ao Campo Grande News por meio do canal Direto das Ruas, meio de interação do leitor com a redação. Quem tiver flagrantes, sugestões, notícias, áudios, fotos e vídeos pode colaborar no WhatsApp pelo número (67) 99669-9563.

Clique aqui e envie agora uma sugestão.

Para que sua imagem tenha mais qualidade, orientamos que fotos e vídeos devem ser feitos com o celular na posição horizontal.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário